Depois de enfrentar a loucura do trabalho, do trânsito e tentar vencer todos os outros compromissos ao mesmo tempo, a tensão se reflete na área que não para um só instante: a cabeça. A conseqüência fisiológica é a dilatação dos vasos que ficam localizados no cérebro e o aparecimento da dor.

Para acabar com este incômodo algumas pessoas recorrem aos remédios. Mas tomá-los indiscriminadamente pode causar efeitos colaterais e até a chamada dor de cabeça de rebote, causada justamente pelo abuso de medicamentos.

Para evitar este mal, o jeito é relaxar. Segundo a professora de yoga, Daniela Reis, algumas posições ajudam no alívio dos sintomas. “As invertidas facilitam a irrigação geral. Ao melhorar a irrigação, há uma diminuição da dilatação e a pressão fica menor”.

Veja como fazer o exercício.

1. estenda um tapete no chão.

2. deixe um espaço de aproximadamente um palmo entre o tapete e a parede.

3. dobre dois cobertores e coloque-os um sobre outro no meio do tapete. A altura aproximada é de um palmo aberto.

4. sente-se de lado com o corpo grudado na parede. Deixe uma parte do bumbum fora do tapete.

5. gire o corpo, com as pernas em direção à parede e apoiando as mãos no chão.

6. coloque as pernas para o alto, tentando aproximar o bumbum da parede.

7.os cobertores devem estar apoiados na lombar.

8.os braços ficam relaxados. Uma posição confortável é alinhar o cotovelo com os ombros.

9.coloque um saquinho de camomila sobre os olhos. A leve pressão alivia a dor e relaxa.

10.quem sofre com enxaqueca e sente enjôo com cheiros fortes, pode usar um travesseirinho com semente de linhaça.

11. mantenha-se nesta posição de 5 a 10 minutos. Faça este relaxamento diariamente.