O Programa Genoma do Estado do Paraná (Genopar), coordenado pelo professor Fábio Pedrosa, da UFPR, poderá proporcionar uma economia de até R$ 350 milhões à agricultura paranaense, além de contribuir para a produção de alimentos mais baratos. O objetivo do projeto, que tem apoio da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior/Fundo Paraná, é determinar a seqüência completa do genoma da bactéria Herbaspirillum seropedicae. Essa bactéria é capaz de produzir amônia a partir do nitrogênio da atmosfera e é encontrada no interior de plantas de grande importância agrícola como o trigo, arroz, cana-de-açúcar, sorgo, milho, entre outras, podendo, ainda, promover aumentos na taxa de crescimento vegetal e na produtividade de grãos em até 30%, apresentando, portanto, alto potencial como biofertilizante. Além disso, é capaz de produzir plásticos biodegradáveis e fitormônios.