Uma equipe de pesquisadores americanos da Universidade de San Francisco descobriu uma enzima, a A20, que permite curar muitas doenças crônicas caracterizadas por processos inflamatórios e também casos de diabetes juvenil. Os especialistas revelaram o mecanismo de ação na prestigiosa revista Nature Immunology. A A20 é uma enzima presente em quase todas as células animais e humanas e ativa em todo o organismo. Uma de suas funções é enfrentar os processos inflamatórios que o sistema imunológico desenvolve diante de agente externos, como as bactérias. A enzima interage com a “primeira linha de defesa” do sistema imunológico, um grupo de células que permite as respostas imunológicas, sempre alerta à presença de qualquer eventual corpo estranho. A A20 é importante para evitar reações imunológicas excessivas no sangue e no intestino. Ela bloqueia também reações imunológicas que culminam com a morte celular, úteis quando deve-se eliminar células inimigas, como as tumorosas, mas que podem desencadear enfermidades como a diabetes juvenil, na qual os linfócitos (células imunológicas) eliminam células sadias do pâncreas.