Um jogo eletrônico desenvolvido no Paraná está entre os 15 mais vendido na Alemanha. O game Die Pferdebande foi desenvolvido especialmente para o mercado alemão pela Oniria Entertainment, empresa atendida pela Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da Universidade Estadual de Londrina (Intuel), com o apoio do Progex, o Programa de Apoio Tecnológico à Exportação do Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná).

O papel do Progex foi localizar esse software exatamente nas condições do mercado a ser comercializado. "Não se tratava de uma simples tradução literal das expressões para o alemão e sim de sua correta localização, com a inclusão de expressões idiomáticas próprias à língua e os diferentes sotaques conforme a região, pois o alemão que se fala na Suíça é diferente do praticado na Áustria e nas distintas regiões da Alemanha", explica Lúcio de Almeida, coordenador do Progex, que já funciona há quatro anos no Tecpar.

"Nossa função foi contratar um especialista para moldar o produto de acordo com as necessidades locais e também do mercado onde colocar esse software".

O Progex

O Progex foi criado pelo governo federal para facilitar o acesso de empresas brasileiras, principalmente as pequenas e médias, ao mercado externo. É coordenado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, conta com recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e tem suas sedes nos institutos de pesquisa estaduais.

O atendimento às empresas é realizado em duas etapas. O primeiro passo é o chamado diagnóstico, quando é feito um estudo de viabilidade técnica que inclui a análise do produto e do processo produtivo, com identificação dos principais problemas técnicos a serem resolvidos. A partir daí são feitas estimativas de custos e investimentos para implementar as soluções necessárias.

A segunda fase consiste na adequação tecnológica, com a aplicação das medidas sugeridas. "As pequenas e médias empresas paranaenses precisam de um aporte tecnológico para exportação. Isto faz bem para o Paraná, que fortalece sua balança comercial, e para os produtores, que podem aumentar sua lucratividade e levar o nome de sua empresa e a qualidade de seu produto ao conhecimento mundial" ? comenta Aldair Rizzi, secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, pasta à qual o Tecpar está vinculado.

Atualmente, o Progex/Tecpar está em sua segunda edição e atende 126 empresas em diversas etapas de preparação para atingir o mercado internacional. As ações do Progex correspondem hoje a 30% das micro e pequenas empresas exportadoras do Paraná, com recursos acima de R$ 3 milhões originários do Ministério da Ciência e Tecnologia, através da Financiadora de Estudos e Projetos ? Finep, para ajuda tecnológica à adequação de produtos paranaenses à exportação.

Game

O jogo Die Pferdebande foi desenvolvido com base em uma série de livros infanto-juvenis de muito sucesso na Alemanha, a "Die Pferdebande" (A Gangue dos Cavalos). Os livros contam a história de Christina Mertens e seus amigos Karolin e Phillip, que brincam de detetives em um haras e, sem querer, acabam se envolvendo em aventuras e resolvendo crimes.

Die Pferdebande é um jogo de ação-aventura, que apresenta ações de higiene, alimentação e de selar e andar a cavalo. Proporciona ao usuário a sensação de acompanhar as aventuras dos personagens no haras. É voltado para crianças de 8 a 12 anos de idade. A previsão é de que nos próximos meses o jogo seja lançado também em países como França e Iugoslávia.