Brasília – O governo federal quer modernizar o processo de ensino no país. Para isso, vai financiar projetos que envolvam a produção de conteúdos digitais multimídia nas áreas de matemática, língua portuguesa, física, química e biologia do ensino médio.

Serão destinados R$ 75 milhões para o financiamento dos projetos. Parte dos recursos, R$ 30 milhões, virá do Fundo Nacional de Ciência e Tecnologia e o restante, do Ministério da Educação (MEC). A portaria interministerial que autoriza a chamada pública para a elaboração dos projetos foi publicada nesta segunda-feira (25) no Diário Oficial da União.

A idéia do governo é que sejam produzidos materiais didáticos em vídeo, áudio e texto – nas cinco disciplinas do ensino médio – que serão disponibilizados aos professores pela internet para tornar as aulas mais criativas, facilitando o processo de ensino e aprendizagem.

Poderão apresentar projetos universidades, instituições de ensino e centros tecnológicos e de pesquisa, públicos ou privados, sediados no país. Segundo a assessoria do MEC, o edital com as regras e os prazos para a elaboração dos projetos deve ser publicado nas próximas semanas. A entrega das propostas deve ser feita até o dia 31 de setembro.