A Microsoft Brasil emitiu ontem um boletim de alerta aos seus consumidores sobre falsa promoção e mensagens enganosas que estão circulando na Internet

“Na primeira situação, pessoas estão ligando aleatoriamente para números de telefone, no estado do Rio de Janeiro, identificando-se como diretores de marketing da Microsoft Brasil. Essas pessoas dizem que o consumidor em questão foi premiado com um televisor de 29 polegadas e que, para retirar o prêmio, teria de adquirir quatro cartões telefônicos das operadoras de celular Oi ou ATL.

A promoção é falsa. A Microsoft Brasil não realiza sorteios de televisores ou qualquer outro aparelho eletrodoméstico, muito menos exige de seus clientes a compra de cartões telefônicos. Não há, portanto, qualquer promoção acontecendo com a Oi Celular ou ATL. O diretor de marketing da Microsoft Brasil, como qualquer outro executivo da companhia, não participa de nenhuma campanha para sortear prêmios por telefone.

Todo contato com a Microsoft é feito por parte dos próprios consumidores, pela Internet ou pela central telefônica de atendimento: (11) 3444-6844. A empresa já informou as autoridades policiais e entidades de defesa do consumidor sobre o golpe e tomará as providências necessárias para o pleno esclarecimento e encerramento da questão.

A outra mensagem é um falso boletim de segurança da corporação, intitulado Microsoft Security Patch, com um arquivo não confiável anexado ao email. O texto da mensagem, em inglês, diz que o material resolveria supostas vulnerabilidades do Internet Explorer, Microsoft Outlook e Outlook Express.

A Microsoft não tem como política de comunicação o envio de mensagens não solicitadas, muito menos para a instalação de programa ou correção. Toda e qualquer atualização dos sistemas operacionais é feita exclusivamente por meio do Windows Update (
www.windowsupdate.com), um serviço de abrangência mundial que centraliza e agiliza as atualizações liberadas pela empresa. Esta é a única fonte oficial para o usuário.

O email em questão é falso e pode prejudicar os clientes que instalarem o arquivo. A empresa recomenda aos usuários manterem sempre seus sistemas operacionais atualizados, assim como os antivírus disponíveis no mercado. Quanto mais atualizados estiverem, menores são as chances serem contaminados por alguma vulnerabilidade.

Microsoft Brasil”