As contas de milhares de usuários do e-mail da Microsoft, o Hotmail, ficaram comprometidas depois que as senhas e endereços das contas foram postadas na internet. Os detalhes de login de mais de 10 mil contas apareceram por algum tempo no site Pastebin.com, utilizado por programadores.

A lista incluía apenas endereços que começam com A ou B, o que levanta a suspeira que mais contas apareçam online nos próximos dias. Além disso, a maioria dos detalhes expostos online pertenciam a usuários europeus.

Ainda não se sabe qual foi a fonte do vazamento de informações, mas parece provável que os detalhes tenham sido coletados em golpes online, que utilizam sites falsos para que as pessoas revelem detalhes de suas contas.

A Microsoft declarou que está ciente do problema e que está investigando a situação. “A Microsoft está comprometida com a privacidade de seus consumidores, e acredita que eles merecem ter seus dados pessoais usados apenas nos termos com que concordaram”, afirmou a empresa em uma declaração oficial.

Cuidados

Os usuários do Hotmail, Windows Live e MSN são aconselhados a mudar as senhas e perguntas de segurança, para bloquear acessos não autorizados às contas. Hackers ou criminosos podem tentar utilizar as informações da conta para acessar outras informações, ou até mesmo tentar acessar contas bancárias online ou sites de compras para realizar transações fraudulentas, já que muitos usuários têm a mesma senha para várias contas diferentes.

Outra utilização comum dos criminosos é logar em seu msn e mandar links com vírus para os seus contatos.

Lukas Oberhuber, chefe técnico do grupo de internet Forward, afirma que uma indicação que a sua conta possa ter sido hackeada é o recebimento de e-mails que afirmam que o usuário pediu lembretes de senhas de outras contas. Além disso, o especialista lembra que golpes deste tipo se tornam cada vez mais comuns: “O Hotmail não foi o primeiro serviço online a ser hackeado, e não será o último”, diz.

O Hotmail é o maior serviço de e-mails do mundo, e tem aproximadamente 500 milhões de usuários.