A Edinfor está lançando no Brasil o DPlan, um software de planejamento para sistemas de distribuição de energia. Com ele, torna-se mais fácil e confiável decidir, entre todos os projetos possíveis, qual o melhor e mais indicado para cada situação. O software, desenvolvido pela Edinfor juntamente com o Instituto de Optimização Aplicada (IOA), de Portugal, é voltado para empresas do setor de energia que pretendem investir em sua rede elétrica, seja adicionando novos trechos, novos transformadores ou alimentadores, seja para ampliar o número de subestações, entre outros. Quanto maior o montante investido, mais forte é a razão para usar o DPlan, que já está em operação em três empresas européias de distribuição de energia.

De acordo com Filipe Oliveira, diretor de Desenvolvimento de Negócios em GIS da Edinfor, a qualidade de um projeto é avaliada de acordo com critérios definidos pelo usuário. É possível incluir nessa definição diversos tipos de custos, como investimentos na aquisição e instalação dos equipamentos; operação do sistema, incluindo custos de perdas; confiabilidade, abrangendo gastos com energia não fornecida e multas por violações dos limites de interrupções especificados pela reguladora brasileira; gastos associados ao arranjo topológico da rede; e custos ligados a violações dos limites de tensão nos nós ou de correntes nos trechos.

?Avaliar um projeto implica, entre outras coisas, testar o fluxo de potência, simular defeitos em todos os trechos da rede e escolher a melhor ação corretiva para cada defeito. Para que o DPlan selecione o melhor projeto, é necessário testar dezenas de milhares de fluxos de potência e simular milhões de defeitos e as respectivas ações corretivas?, explica Oliveira, salientando que o DPlan não questiona as decisões tomadas pelos usuários do sistema, mas apenas atesta sua viabilidade, já que muitas decisões obedecem a critérios subjetivos de quantificação e restrição.

A interface do sistema foi desenhada para oferecer informações rápidas e eficientes, com visualização global e detalhada. Após qualquer alteração, a atualização de resultados (fluxo de potência, análise de confiabilidade e investimentos) é instantânea. O usuário também tem, simultaneamente, acesso ao sistema de trabalho (Caso em estudo) em um monitor e a solução proposta (Solução) em outro monitor. Já as múltiplas funcionalidades, incluindo funções de sincronismo e de ?recorte?, possibilitam uma análise metódica, eficiente e eficaz, em um ambiente de múltiplas janelas.

Com todas essas vantagens, Oliveira acredita no grande potencial do DPlan no mercado nacional. ?As companhias de energia elétrica vão poder realizar seus planejamentos de expansão e de operação de forma mais rápida e econômica. Os ganhos efetivos dos clientes são significativos e os exemplos são vários: redução de perdas na rede, melhoria da qualidade de serviço, diminuição da energia não fornecida, minimização das penalidades da ANEEL, aumento da capacidade de distribuição, entre outros?, garante o executivo.

Sobre a Edinfor
A Edinfor é líder no mercado português de prestação de serviços e terceirização de Tecnologia da Informação (TI), e pertence ao Grupo EDP – um dos maiores do setor elétrico no mundo. Presente em 11 países da América do Sul, América do Norte, Ásia e Europa, a Edinfor oferece soluções de TI, com foco em utilities ? elétricas, gás e saneamento -, governo e redes de tevê a cabo. Com base no conhecimento profundo das regras de negócios das empresas destes segmentos e de acordos mundiais com os principais provedores de tecnologia, proporciona menor custo e maior benefício aos seus clientes.

A Edinfor Soluções Informáticas, Ltda., filial da companhia no Brasil, comercializa soluções GIS (Geografical Information Systems) da GE Network Solutions, GED-Workflow (Gestão Eletrônica de Documentos), Outsourcing de TI (Administração de Banco de Dados, Help-Desk, Datacenter, Sistemas Distribuídos e Segurança) e SGM (Sistema de Gestão Municipal / e-GOV). Entre seus clientes no Brasil estão, por exemplo, a Bandeirante Energia, CPFL-Piratininga, CERJ, Sabesp, Intelig e TV Cidade.