A Microsoft anunciou que o número de licenças FPP (caixinhas) do Windows Vista comercializadas no Brasil triplicou desde a redução média de 40% nos preços, anunciada no último mês de junho. A iniciativa faz parte da estratégia da empresa para tornar o sistema operacional mais acessível a uma maior parte da população. A versão Home Basic, por exemplo, pode ser adquirida por R$ 299,00. No segmento corporativo, grandes empresas, como Comgás e Bradesco, habilitaram o Windows Vista em seus equipamentos nesse período.

Windows Vista teve 40 milhões de cópias vendidas no último trimestre, um recorde de vendas de licença do sistema operacional, desde que foi lançado em janeiro de 2007. Com isso, chegou-se a mais de 180 milhões de licenças do produto vendidas em todo o mundo. Atualmente, todas as ofertas de Windows disponíveis no varejo brasileiro são versões do Windows Vista.

Somente nesta semana, a CDW, uma das maiores revendedoras de tecnologia e integradora de sistemas do mundo, constatou em sua pesquisa Windows Vista Tracking Poll que o sistema operacional está “ganhando impulso” entre as organizações – 48% dos entrevistados afirmaram que a empresa onde trabalham está utilizando ou avaliando o Windows Vista, comparado a 29% há apenas um ano.

Atualmente existem mais de 17 mil dispositivos certificados para o Windows Vista por mais de 600 fabricantes. Além disso, os usuários têm disponível o triplo de aplicativos e equipamentos compatíveis ao sistema operacional se comparado ao número registrado no lançamento do produto.