O Ministério do Turismo, por meio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), inaugurou, na última semana, o Escritório Brasileiro de Turismo (EBT) de Nova York. O EBT foi criado para promover destinos, produtos e serviços turísticos brasileiros nos Estados Unidos, dando ênfase a ações de relações públicas junto ao mercado de turismo do país: participando de feiras de turismo, realizando workshops e seminários de vendas. “Os americanos ficam encantados quando apresento-lhes a nossa diversidade de produtos, que antes eles não conheciam”, afirma Alexandre Raulino, que coordena o EBT de Nova York, depois de ter trabalhando por onze anos na diretoria do Rio Convention & Visitors Bureau. “Temos foco nos segmentos mais procurados dos turistas americanos – lazer, incentivo e negócios e eventos”, completa Raulino.

A escolha da cidade de Nova York para sediar o primeiro EBT nos Estados Unidos e América do Norte é estratégica, pois os americanos são o segundo maior emissor de turistas para o Brasil, além de serem o primeiro em poder aquisitivo, com um gasto médio diário de US$ 106,56. Aproximadamente 630 mil norte-americanos visitam o Brasil anualmente. Desses, cerca de 41% vêm a lazer, 30% a negócios e 26% para visitar familiares e amigos. A primeira meta para o recém-inaugurado EBT é que um milhão de norte-americanos visitem o Brasil em 2005.

Os EBTs

Os escritórios brasileiros de turismo são unidades de promoção do destino Brasil no mercado internacional. Os executivos designados para coordenar cada um dos EBTs assumem a missão de consolidar a imagem do País como um destino turístico competitivo no exterior. Esta é uma das ações dentro da meta fixada pelo presidente Lula para o setor, ampliando para nove milhões o ingresso de turistas estrangeiros por ano e captando US$ 8 bilhões em divisas. Já estão em funcionamento os EBTs em Lisboa (Portugal), Paris (França), Londres (Reino Unido), Frankfurt (Alemanha) e Milão (Itália). Até o final do ano estará funcionando um EBT em Madri (Espanha). Há também um EBT para a América Latina, com sede na Embratur, em Brasília.