O município de Itajubá situa-se no sul do Estado de Minas Gerais, fazendo divisa com os municípios de São José do Alegre, Maria da Fé, Wenceslau Brás, Piranguçu, Piranguinho e Delfim Moreira. A cidade se encontra numa região privilegiada em relação à localização, não só por estar inserido numa rede urbana formada por prósperas cidades de porte médio, cujo acesso é feito pela BR459, mas também devido à sua posição em relação as grandes capitais da região sudeste: Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.

As terras itajubenses estão nas encostas da Mantiqueira, e o conjunto geográfico é formado das seguintes serras principais: do Juru, do Ano Bom, do Goiabal, do Lourenço Velho, da Água Limpa e dos Toledos, do Pouso Frio, o Morro da Piedade e outras elevações menores.

As cachoeiras se transformam num delicioso e constante convite ao lazer. Os esportes aquáticos e radicais estão ganhando expressão e um público cativo que não abre mão do revigorante contato com a natureza. O Rio Sapucaí é o grande rio de Itajubá. Divide a cidade bem ao meio.
É relevante sua importância no progresso e na vida da cidade, sobretudo no passado, com o favorecimento da navegação. É o fertilizador do grande vale pelo qual serpeia, recolhendo as águas de vários tributários menores, tão ligados às tradições itajubenses.