Montanhas, lagoas e salinas coloridas formam o cenário quase surreal do Deserto de Atacama, atraindo cada vez mais turistas.

Uma das mais belas naturezas do mundo está localizada no norte do Chile, entre a costa do Oceano Pacífico e a Cordilheira dos Andes – é o Deserto de Atacama, conhecido por ser o mais árido do mundo, situado precisamente a seis mil metros acima do nível do mar, que reúne também algumas das paisagens mais deslumbrantes do planeta. Por ser um cenário quase surreal que reúne um solo que parece lunar e lagoas e salinas coloridas, atrai um número cada vez maior de turistas, que buscam seus encantos naturais, por toda sua extensão, aproximadamente duzentos quilômetros.

São Pedro de Atacama é o principal ponto turístico da região. Com apenas mil habitantes, a cidade reúne muitas curiosidades. Uma delas, é o Museu Arqueológico Padre Le Peige, que abriga uma coleção de mais de trezentas mil peças de cerâmica, fragmentos de tecidos e múmias descobertas na região.

Outro ponto importante é a fortaleza inca Pukara de Quitor, construída no século 12, situada entre um rio e um desfiladeiro, no alto de um morro. Os turistas que procuram conhecer um pouco mais da história da humanidade ficam encantados com a visão que se tem do local -simplesmente impressionante.

Logo ao lado, está o imperdível Valle de la Luna – uma pequena depressão localizada no meio do deserto, com quinhentos metros de diâmetro, cercada por formações exóticas que lembram a paisagem lunar. É um verdadeiro espetáculo apreciar o pôr-do-sol e o surgimento da lua, as sombras que se formam lentamente e fazem com que o vale mude de cor gradualmente.

São Pedro de Atacama, cidadezinha de mil habitantes,  com seu museu arqueológico e uma fortaleza inca.

Já em El Tátio (um campo de águas termais com dois gêiseres de 4,3 mil metros de altitude) o turista poderá vislumbrar uma das principais atrações do país: ao amanhecer, violentos jatos de vapor de água fervente são jorrados e podem chegar até seis metros de altura, formando um belíssimo show de cores visto a céu limpo. É possível sentir a água borbulhando no subsolo, sob os pés.

Outros atrativos imperdíveis são o passeio ao Solar de Atacama – maior depósito de sal do Chile, situado em uma depressão, que fica coberto por uma camada branca, onde embaixo há um grande lago; uma parada no pequeno vilarejo agrícola Toconao, onde estão a igreja e o campanário de São Lucas; e uma visita a Calama – cidade que vive da extração de cobre da mina de Chuquicamata, a maior a céu aberto do mundo (o deserto é riquíssimo em minérios).

Uma das operadoras que oferecem pacotes para o Deserto de Atacama é a Fênix.

São sete dias de viagem, incluindo passagens aéreas, traslados, três noites de hospedagem com café da manhã em Santiago, city tour pela cidade de Santiago, duas noites de hospedagem com café da manhã em São Pedro de Atacama, passeio arqueológico em Quitor e Valle de la Luna, visita ao Solar de Atacama e Toconao e aos gêiseres de El Tátio e povoados e uma noite de hospedagem com café da manhã em Calama. Os preços por pessoa, com hospedagem em apartamento duplo, variam a partir de US$ 1.111, válidos até 15 de junho, exceto feriados. A Fênix é representada no Paraná pela Aerocondor, situada na Praça Osório, 379, conjunto 902, em Curitiba. Mais informações: (41) 224-2024 ou na Fênix pelo telefone (11) 3255-4666 e site www.fenixtur.com.br.