Um dos passaportes oferecidos
em Foz do Iguaçu é o Aventura,
que prevê atividades diversas,
como o rapel e o rafting (acima), em meio à exuberância natural da região.

Foz do Iguaçu está entre os cinco principais destinos do turista estrangeiro no Brasil. Privilegiada pela natureza, a região tem na água o elemento capaz de encher os olhos do turista, seja com as Cataratas do Iguaçu, ou com a engenhosidade humana revelada na maior usina hidrelétrica do mundo, a Itaipu Binacional. A fim de proporcionar ao visitante brasileiro a chance de conhecer esses grandiosos atrativos, uma nova opção de pacote turístico chega ao mercado. O Hotel Bella Itália e a Loumar Turismo oferecem programas completos a preços promocionais.

O produto oferecido foi dividido em passaportes com atividades pré-definidas que barateiam o custo. A promoção foi a alternativa encontrada pelos empresários para concorrer com o turismo do lado argentino. Devido à desvalorização do peso, vendido a R$ 0,70, seus pacotes são baratos. Não é à toa que centenas de viajantes estrangeiros se hospedam na Argentina e atravessam a fronteira para desfrutar Foz do Iguaçu.

Os novos passaportes brasileiros são o Iguassu, Parques e Aventura. As atividades oferecidas são visitas às Cataratas do Iguaçu (lado brasileiro ou argentino), almoço no restaurante dentro do Parque Nacional do Iguaçu, passeio de barco no Macuco Safári, jantar na churrascaria Rafain, passeio no Parque das Aves, rapel, rafting, trilhas e jantar com noite italiana no Bella Itália. Os preços variam de acordo com o número de noites e com o passaporte escolhido. Duas noites variam entre R$ 315 e R$ 385 por pessoa. Informações e reservas podem ser feitas pelo site www.passaporteiguassu.tur.br.