Com a estação, as belezas da Ilha
do Mel ficam ainda mais próximas.

Com completa infra-estrutura para o embarque e desembarque de passageiros, a Estação Naútica de Paranaguá oferece várias opções de passeio marítimo no litoral norte do Paraná, com destaque para a Baía de Paranaguá e para o Porto de Paranaguá. Oferece também a possibilidade de contemplar os atrativos históricos da cidade, as ilhas próximas, a travessia para a Ilha do Mel, Ilha das Peças, Guaraqueçaba, arquipélago de Superagüi e vários outros destinos ecoturísticos.

Concluída há dois meses pelo governo do Estado, a Estação Náutica faz parte do Projeto Caminhos do Mar, da Ecoparaná, executado em parceria com a Secretaria de Estado do Turismo, Paraná Turismo e o Paranacidade. Oferece equipamentos de apoio às embarcações, à comunidade e, principalmente, ao visitante, tais como salas de espera para embarque e desembarque de passageiros, central de informações turísticas, sanitários, fraldários, bilheterias e atracadouros, utilizados tanto por embarcações voltadas ao turismo como pela população local.

“A Baía de Paranaguá é a terceira maior do Brasil e oferece um potencial turístico para o ano inteiro. Além disso, a região tem características que favorecem a exploração do ecoturismo, dentre elas o fato de estar situada junto ao trecho preservado da Serra do Mar, com espécies de flora e fauna próprias”, diz o secretário de Estado do Turismo, Celso de Souza Caron.

De acordo com o projeto implementado pela Ecoparaná, vinculada à secretaria, os municípios do litoral paranaense têm vocação e excelentes condições naturais para transformar a região em um pólo turístico bastante promissor. Entre tais condições estão a proximidade de Curitiba, a grande extensão de áreas legalmente protegidas e o potencial no segmento de turismo ecológico. A exploração dos canais hidroviários da costa paranaense visa a ordenação e implantação de vários projetos na Costa Leste, estabelecendo diretrizes e ações conjuntas com as prefeituras municipais. Nesse contexto está inserido o Projeto Caminhos do Mar.

“A atividade turística, coerentemente gerenciada, é tão importante para o visitante quanto para a população residente, pois é grande o efeito multiplicador em outros setores da economia local”, diz Edson “Crespo” Willy Pinto, navegador, surfista profissional e consultor da Ecoparaná para o Projeto Caminhos do Mar. Segundo ele, o projeto prevê o desenvolvimento do turismo náutico no litoral paranaense e representa um incentivo para que empresários mantenham barcos de passeio novos em nossa costa.

Empresas de transporte marítimo cadastradas pelo governo do Paraná operam na Estação Náutica de Paranaguá. Atualmente, a Associação dos Barqueiros do Litoral Norte do Paraná – Abaline -mantém 47 barcos cadastrados e a Associação dos Barcos de Paranaguá – Barcopar – mantém cerca de quarenta barcos. Há também o Iatebus, um barco especial que faz a linha Paranaguá-Ilha do Mel com vários horários de embarque, e o barco Capitão Fausto, que faz passeios no interior da Baía de Paranaguá, sem contar os barcos menores.

Mais informações podem ser obtidas na Estação Náutica de Paranaguá, pelo telefone (41) 425-4542 ou na Paraná Turismo, pelo telefone 0800-1516.