O presidente Luiz Inácio Lula da Silva está em reunião com os ministros da Fazenda, Antonio Palocci, do Planejamento, Paulo Bernardo, da Articulação Institucional, Jacques Wagner, e da Casa Civil, Dilma Rousseff, para discutir questões referentes ao orçamento de 2006.

À tarde, Lula inicia a agenda despachando com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, às 15h30. Logo após, concede audiência ao editor-chefe global da agência Reuters, Geert Linnebank. Os dois últimos compromissos presidenciais estão marcados para as 17h30 e 18h30 quando recebe, respectivamente, os ministros da Secretaria-geral da Presidência, Luiz Dulci, e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues.

Esta semana, o presidente sancionou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que define as regras gerais de como vai ser gasto o orçamento do governo federal em 2006. O texto define, por exemplo, limite para a cobrança de impostos e regras para os cortes nos investimentos, o chamado contingenciamento. Ontem à tarde, o presidente também participou de reunião sobre o orçamento para definir remanejamentos de verbas. A previsão é que nesta sexta-feira (23) o governo encaminhe ao Congresso Nacional uma mensagem para explicar essas mudanças, que devem ser feitas por decreto presidencial.