As estações norte-americanas atraem, todos os anos, cerca de dez mil brasileiros.

Os brasileiros são assíduos visitantes de resorts de neve. Cerca de dez mil embarcam todos os anos para uma das estações dos Estados Unidos. E não são apenas os esportes de neve que seduzem nossos turistas. Os brasileiros procuram as estações de esqui também atrás de badalação e diversão longe das pistas. Restaurantes, bares, boates e lojas são extremamente convidativos.

Por isso, Park City, em Utah, é considerada um paraíso. A cidade oferece uma infinidade de opções, além de três resorts (Deer Valley, Park City Mountain e The Canyons), suas pistas e halfpipes. ?Uma vasta gama de galerias de arte, lojas exclusivas, spas, teatros e restaurantes, oferecem sempre alguma coisa de diferente para as pessoas, mesmo àquelas que não esquiam?, diz Cathy Muller, diretora da Câmara e Bureau de Visitantes de Park City.

A cidade reúne um dos maiores complexos de lojas de grandes marcas entre todos os resorts de esqui dos Estados Unidos. Localizado na entrada da cidade, na North Landmark, 6699, o shopping a céu aberto só tem lojas outlet (roupas de grifes a preço de custo). Não raro, entre uma descida e outra, os esquiadores param para as compras.

Entre as muitas opções estão: Adidas, Banana Republic, Bass, Gap, Fóssil, Kitchen Collection, Levi?s, Limited tôo, Nike, Nine West, Nordic Track, Old Navy, OshKosh B?Gosh, Polo Ralph Lauren, Reebook, Tommy Hilfiger. Pode procurar. Em uma delas haverá um brasileiro.

Culinária

Park City reúne um dos maiores complexos de lojas de grandes marcas entre os resorts de esqui dos EUA.

Os visitantes de Park City, geralmente, acham que escolher um bom restaurante a cada noite pode ser tão desafiador quanto escolher o local onde esquiarão na manhã seguinte, em um dos três resorts. São infindáveis escolhas entre os mais de cem restaurantes e bares ao longo da histórica cidade mineradora de prata. De fusões asiáticas e clássica francesa às casas de carnes de estilo Western, Park City oferece uma extensa gama de oportunidades que servem a todos os gostos e orçamentos.

Entre as novidades, o Shabu oferece uma diferente ?cozinha asiática de livre estilo? em um ambiente romântico com decoração insinuante. Outra boa opção é o Ghidotti?s, localizado no novo Redstone Town Center. Este restaurante italiano estilo velho mundo apresenta um menu com preços razoáveis e combina uma decoração típica das villas do Mediterrâneo e de Roma. Bill Hufferd, o chef veterano de um dos mais antigos restaurantes de Park City, o Riverhorse Café, trouxe para o coração de Main Street um conceito contemporâneo para o jantar, em um moderno ambiente, no seu novo restaurante, o Mustang. O aperitivo é feito de pato ao chilli relleno, uma espécie de pimenta, queijo Monterey Jack, tomates e cebolas servidos em um molho rancheiro. Como prato principal, experimente um suculento filé de tenderloin grelhado e meia cauda de lagosta com bacon, e uma batata duplamente assada recheada com queijo de cabra.

Badalação

Park City também é conhecida por sua noite efervescente. Os visitantes podem escolher entre cervejarias, enotecas ou discotecas ao longo da Main Street. Jogar dardos no No Name Saloon, apreciar uma caneca de cerveja e o famoso buffalo burger, ou experimentar a exclusiva cerveja local no Wasatch Brew Pub ou no Red Rock Brewery. Depois do jantar, sacuda o esqueleto no The Spur Bar & Grill, que tem música ao vivo e ambiente country. Os conhecedores de vinho irão se deliciar ao experimentar mais de cem vinhos servidos em taça e as delicadezas culinárias oferecidas pelo Bacchus Wine Bar.

O Mother Urban?s Ratskeller surpreende os entusiastas de cerveja com uma lista de mais de cem marcas e oferece jazz e blues ao vivo no meio de uma decoração que imita a Park City de época mineradora e conta a história do esqui na cidade. Para fechar, as pistas das danceterias, como a Star Bar ou o Cisero?s, vão manter você dançando até quase o horário de pegar o próximo lift para esquiar.