Não foram poucos os baques pelos quais o parque temático Beto Carrero World passou recentemente. As chuvas e deslizamentos em Santa Catarina, no final do ano passado, e as consequências da crise econômica no turismo são dois exemplos que, por si só, poderiam provocar problemas graves para o parque.

Mas nenhum deles chega perto da perda de João Batista Sérgio Murad, o criador do empreendimento, no início de 2008. É visível até hoje, entre funcionários, guias e até frequentadores, a falta que o mais famoso cowboy brasileiro faz naquele lugar.

No entanto, o parque, que já tem 17 anos, está de pé, crescendo e investindo. Os deslizamentos, que afetaram boa parte da vizinhança no município da Penha, no Litoral Norte de Santa Catarina, não aconteceram na área de 14 milhões de metros quadrados em que funciona o parque.

A crise econômica também não parece ter alterado significativamente o movimento de turistas. E a figura de Beto, apesar de não estar mais em carne e osso circulando pelo local, está mais do que presente, nem só em um interessante Memorial inaugurado após sua morte, mas também no espírito ousado, que parece prosseguir entre os que hoje tocam o parque.

Assim, a visita ao lugar continua sendo uma ótima pedida para pessoas de todas as idades, famílias ou grupos de crianças, jovens, adultos ou idosos. Até mesmo para quem já foi ao local há algum tempo, já que, além do Memorial, há outras novidades implantadas nos últimos dois anos, como o show Acqua e a montanha-russa FireWhip (“Chicote de Fogo”). Sem falar no bem cuidado zoológico e em um novo projeto de educação ambiental, destinado a alunos de escolas públicas e privadas.

De pernas para o ar na FireWhip

Sem dúvida a atração do momento no parque é a FireWhip, um dos mais novos brinquedo ali instalados.

Fabricada na Holanda, a maior montanha-russa da América Latina – segundo a direção do parque – exigiu uma operação especial para chegar ao Brasil, com direito a navio fretado e tudo.

São 40 metros de altura e 700 metros de extensão, percorridos a quase 100 quilômetros por hora, com as cadeiras suspensas sob os trilhos.

O “passeio” até parece tranquilo visto de fora, mas é tão intenso que mal dá para curtir o belo cenário, montado especialmente para o brinquedo.

De acordo com o diretor comercial do Beto Carrero World, Alex Reiter, o parque investiu cerca de R$ 15 milhões de seu próprio capital no brinquedo.

Uma ousadia típica do criador do empreendimento, atitude que os diretores e herdeiros do parque fazem questão de demonstrar que continua presente por ali.

A atração, porém, não tira o brilho de outros brinquedos mais antigos, como a Star Mountain – a montanha-russa mais tradicional -e a Big Tower – a torre que proporciona uma queda quase livre de 100 metros e cuja vista do topo, para quem não teme as alturas, é deslumbrante (foto ao lado).

A Free Fall também oferece adrenalina pura: queda livre é de uma altura equivalente a um prédio de 18 andares. Há, ainda, a nova Tigor Mountain, mais uma montanha-russa ao estilo tradicional. (HM)

Show homenageia Rei do Pop

Quase cem artistas atuam no Thriller Nights.

Durante todo este mês, além das atrações tradicionais, o Beto Carrero World está promovendo uma homenagem a Michael Jackson, com o evento Thriller Nights. A apresentação, recheada de suspense, se passa durante a noite, entre as 19h30 e 21h30.

São quase cem artistas, efeitos de luz e som, sósias do Rei do Pop, músicos e dançarinos interpretando sucessos e momentos especiais do artista em cinc,o cenários próximos aos brinquedos mais radicais do parque.

Durante as apresentações, o público ainda pode aprender alguns passos de Michael com os artistas, e ainda adquirir uma maquiagem especial inspirada no videoclipe do hit Thriller. O evento não tem nenhum custo adicional aos visitantes. (HM)

Memorial lembra o cowboy herói

Um memorial para Beto Carrero pode parecer algo interessante apenas a fãs. Mas a atração, instalada praticamente no meio do parque – na entrada do picadeiro onde acontece o Beto Carrero Memory Show, no final de cada dia -, vale ser visitada. Estão ali centenas de objetos de uso pessoal do cowboy, indumentárias, fotos, entre outras coisas.

Há, ainda, réplicas de seu escritório, camarim e cozinha, com móveis e itens originais, além do belo trailer comprado pelo empresário, que pertencia a ninguém menos que John Wayne. (HM)

Atrações para todos os gostos

Para os mais calmos, os shows continuam firmes e acontecem durante toda a tarde, em locais diferentes do parque. O Acqua é o mais recente. A apresentação, que envolve acrobacias, danças e malabarismos, simula um ambiente no fundo do mar e é claramente inspirada nos espetáculos do Cirque Du Soleil. Os antigos Excalibur, West Selvagem e África Misteriosa continuam acontecendo. Até mesmo a “velha” Monga – a mulher-gorila -continua lá. (HM)

Zoológico merece visita sem pressa

O zoológico instalado no Beto Carrero World é uma atração à parte, que merece a reserva de pelo menos uma hora para ser percorrida. São mais de 700 animais e 171 espécies, como zebras, elefantes, girafas, leões, onças e chimpanzés.

Os primatas, em especial, têm à disposição um Centro de Primatologia -uma espécie de arquipélago com 11 ilhas que tem até uma maternidade e um consultório, monitorados pelo veterinário e pela bióloga do parque.

Os cavalos – entre eles o famoso Faísca, que hoje está “aposentado”, saindo apenas para passeios diários – também têm um ambiente só deles: o Mundo dos Cavalos, instalado em cerca de 7 mil metros quadrados. No local, podem ser feitos passeios com cavalos, pôneis e charretes.

Educação ambiental

Desde junho, o parque também está recebendo alunos de escolas públicas e privadas, para atividades de aprofundamento pedagógico em educação ambiental.

É o Projeto Natureza, no qual as crianças têm a oportunidade de conhecer como os animais são tratados. Os estudantes passam por quatro etapas durante o programa: Sala de Educação Ambiental, Comparando os Animais, Serpentário e Manejo de Animais.

Ao fim das atividades, os professores ganham materiais exclusivos para usar em sala de aula. E as crianças podem, ainda, conhecer as demais atrações do parque temático. informações sobre o Projeto Natureza, no telefone (47) 3261-2000. O repórter viajou a convite do Beto Carrero World.