O parque oferece contato direto
com 160 espécies, entre elas araras-azuis e tucanos (acima).
Além das aves, local abriga
outras espécies de animais,
como jacarés e tartarugas.

Localizado ao lado do Parque Nacional Iguaçu, o Parque das Aves é parada obrigatória no circuito de turismo ecológico. Com 960 aves e animais que circulam em enormes viveiros, o local oferece ao visitante o contato direto com 160 espécies. No viveiro das araras, o visitante pode brincar com os animais enquanto eles fazem vôos rasantes.

Acostumados com o contato humano, essas aves tornam o passeio interativo e sem riscos. O parque é cheio de trilhas por onde é possível chegar perto dos 900 pássaros que habitam o local. Além das aves, jacarés, cobras, jibóias, sagüis e borboletas, que encantam a todos e também habitam o local.

Atraente para o turismo, o parque também realiza um trabalho de reprodução em cativeiro. Para isso existe uma preocupação em oferecer condições para a procriação, inclusive dos animais que correm risco de extinção. Vinte e quatro viveiros para reprodução foram montados. Biólogos e veterinários vêm obtendo êxito no trabalho de reprodução das espécies de araçari, mutum, gralha-do-pantanal, ararinha nobre, arara canindé, jandaia sol, grou coroado e vulturina. A principal prática consiste em incubar ovos e na seqüência ajudar na alimentação dos animais.

Gastronomia é especialidade em hotel

Daniel Seleme Trouche
O Bella Itália tem a maior
tábua de frios do Brasil, com
mais de 40 tipos de queijo.

A gastronomia italiana traduzida em pratos de massas, queijos e vinhos é um dos principais atrativos do Hotel Bella Itália. A idéia veio dos proprietários, da família Bortoli, que são descendentes de italianos e preservam a cultura de seu povo para além da cozinha. O resultado do empenho é o clima familiar visível no atendimento acolhedor de cada funcionário.

O destaque do hotel fica por conta de uma imensa tábua com mais de quarenta tipos de queijos nacionais e importados, a única tábua no Brasil que serve tantos queijos semanalmente. Os queijos e vinhos são servidos às quartas-feiras e sábados, quando ocorre o Jantar Noite Italiana, animado por uma banda que toca músicas típicas.

A qualidade do jantar já ultrapassou as portas da recepção e conquistou muitas famílias iguaçuenses amantes dos pratos italianos. Além dos queijos, a cozinha serve um buffet de antepastos, frios e sopas. Os pratos quentes se dividem em doze tipos de massas e risotos. A carta de vinho nacionais e estrangeiros sela a mesa com fartura e sabor.

Situado em área nobre
da cidade, hotel tem 132 apartamentos de luxo.

Localizado na entrada do centro de Foz do Iguaçu, área nobre da cidade, o Bella Itália possui 132 apartamentos de luxo. No lobby da entrada, uma loja de souvenirs fica aberta até as 23h e uma central da Loumar Turismo oferece os atrativos da região e transporte. Localizada a dez minutos do hotel, a chácara Bella Itália fica à disposição dos clientes aos domingos e conta com piscina e churrasqueira. As diárias no hotel custam R$ 100. Promoções e reservas podem ser obtidas on-line no site www.bellaitalia.tur.br.

Show

Um opção mais agitada para comer e se divertir está na Rafain Cataratas Churrascaria. Diariamente, o restaurante apresenta show latino ao vivo com presença de artistas que representam a música e a dança de diversos países latino-americanos. Detalhe para o preço salgado, que fica em média de R$ 60 por pessoa. A Bottega Churrascaria também apresenta show ao vivo e o Teatro Plaza Foz mostra um show musical representando o folclore da tríplice fronteira. (DST)