v11.jpg

Local conta com 336 pistas para a prática de esqui e snowboard e 51 meios de elevação.

Enquanto as praias fervem no escaldante verão brasileiro, no declive oeste das Montanhas Rochosas dos Estados Unidos o clima é de aconchego e diversão em meio ao frio e à neve. A charmosa cidade de Park City já está recebendo muitos turistas para mais uma temporada de esqui em seus resorts de neve. Os principais empreendimentos do charmoso vilarejo – Park City Mountain, The Canyons e Deer Valley – estão em pleno funcionamento. Eles apresentam em média nove metros da famosa neve de Utah, considerada a melhor do planeta, e juntos somam 336 pistas para a prática de esqui e snowboard e 51 meios de elevação.

Fotos: Divulgação
v12.jpg

Esqui: a principal atração de Park City.

Além do esqui e do snowboard, os visitantes de Park City podem desfrutar de passeios em trenós ou em balão de ar, patinação no gelo e caminhadas de snowshoes pela floresta. Há também inúmeras opções culturais, como shows, apresentações teatrais, cinemas e galerias de arte, e de lazer, como restaurantes de todos os tipos de cozinha, bares e clubes noturnos.

Park City também dispõe de uma ampla variedade de opções de hospedagem, desde pousadas tipo "bed & breakfast" até hotéis cinco estrelas, quartos econômicos ou casas particulares.

v13.jpg

Marriot: uma das opções de hospedagem.

Outra vantagem de Park City é a sua facilidade de acesso: fica a apenas 58 quilômetros do Aeroporto Internacional Salt Lake City, no coração de Wasatch Mountains, parte das Montanhas Rochosas.

Diversão em tempo integral

Park City não decepciona. Criança ou adulto, em busca de agito ou descanso, a cidade tem atividades em tempo integral para agradar a todos. A principal delas, claro, é o esqui. São 8.550 acres da neve que é considerada a melhor do planeta para a prática do esporte, 336 trilhas e 51 meios de elevação. Casa de três resorts de nível internacional, Park City tem pistas de todos os níveis de dificuldade.

Snowboarders também podem subir e descer pelos inúmeros terrenos e halfpipes e cruzar com alguns dos melhores profissionais do esporte. O snowboard pode ser praticado nas estações de Park City Mountain Resort -que tem como grande estrela do esporte o Eagle Superpipe, usado nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002 – e The Canyons. Deer Valley Resort é dedicado somente ao esqui.

v14.jpg

No vilarejo, cinema, galerias de arte, bares e restaurantes.

Os visitantes de Park City também podem vivenciar a experiência dos Jogos Olímpicos nos mesmos locais em que foram disputadas as competições. Uma das experiências mais divertidas é descer de bobsled no Parque Olímpico de Utah.

Já quem tem um conhecimento intermediário ou avançado de esqui pode se aventurar a aprender ski jumping. Após uma clínica com praticantes e professores, de duas horas de duração, é possível voar pelo ar do Parque Olímpico de Utah.

Para quem não quer se aventurar muito, mas ao mesmo tempo conhecer a beleza singular das Montanhas Rochosas, a dica é fazer um passeio de snowmobile. Os guias locais passam por locais de difícil acesso e paisagens únicas.

Um passeio que é também um excelente exercício físico é caminhar de snowshoes. O melhor: é uma ótima maneira de estar próximo da natureza. Outro excelente meio de manter a forma física é praticando esqui cross-country. Por ser em superfície plana, é também indicado para quem ainda não praticou o eletrizante esqui alpino e quer familiarizar-se com a neve e os equipamentos. Park City também abriga uma pista de patinação no gelo ao ar livre, diversão favorita das famílias.

Passeio de balão

Se a idéia é ver Park City do alto, a dica é fazer um passeio de balão. Há opção de trinta minutos a uma hora de duração, com direito a café da manhã continental, champanhe e certificado de vôo.

Já para quem curte uma viagem no tempo há duas opções: passeios de trenó puxado a cavalo pelas montanhas em volta da cidade, ou experimentar um passeio puxado por um "time" de cachorros, o dog sledding – assim como faziam os pioneiros do vilarejo.

Park City também oferece inúmeras atividades para portadores de deficiências físicas no National Ability Center. Há de esqui alpino a snowboard, passando por esqui cross-country e passeios a cavalo.

Cultura

Quem prefere atrações culturais a esportivas também não vai sair de Park City sem se divertir. A cidade é sede do Sundance Film Festival. Também apresenta todos os finais de semana o Park City Film Series, com sessões de filmes independentes em cartaz no auditório Jim Santy da Biblioteca de Park City.

Para conhecer a história da cidade, da mineração de prata aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002, vale uma visita aos museus da cidade: Alf Engen, no Parque Olímpico de Utah, e The Museum & Old Territorial Jail, na Main Street.

Temporada 2005

As operadoras brasileiras criaram pacotes especiais para a temporada de inverno em Park City.

Na Snowtime Ski Travel (11-3088-3700, www.snowtime.com.br), há pacotes a partir de US$ 2.323 por pessoa em apartamento duplo, válidos de 17 a 25 de fevereiro, com hospedagem no Snowflower Condominium. O preço inclui passagem aérea pela American Airlines (São Paulo/Dalas/Salt Lake City/Dallas/São Paulo), sete noites de acomodação e seis dias de ski lift de uso ilimitado. Com hospedagem no Park City Hotel, o preço por pessoa é de US$ 2.916, válido de 1.º a 17 de fevereiro.

Pela Interpoint (0800-771-9400, www.interpoint.com.br), o pacote com hospedagem no Park City Marriott custa US$ 2.271 por pessoa em apartamento duplo. O preço é válido até a 15 de março e inclui passagem aérea com saída do Rio de Janeiro ou São Paulo, sete noites de hospedagem, seis dias de ski lift e cartão de assistência. Para mais informações, consulte seu agente de viagens.