Especialistas de vários países estarão em Imbituba, localizada a setenta quilômetros ao sul de Florianópolis (SC), durante a sexta edição da Semana Nacional da Baleia Franca que acontece entre os dias 14 e 21 de setembro.

As palestras ocorrerão do dia 14 a 16, no Salão Comunitário da Igreja Matriz, oportunidade para as comunidades costeiras se aproximarem ainda mais de assuntos ligados à preservação da vida marinha. No dia 17 de setembro, a equipe do Projeto Baleia Franca percorrerá com os visitantes os 130 quilômetros da Área de Proteção Ambiental da Baleia Franca (APA), desde o Farol de Santa Marta, em Laguna, até o sul da Ilha de Florianópolis.

Palestrantes e temas

Os palestrantes e temas são: vice-almirante Ibsen de Gusmão Câmara – O Brasil e as Baleias, Uma Visão Histórica; Daniel J. Morast – O Imperialismo Baleeiro, Ameaça Mundial à Conservação; Herman Oosthuizen – Gestão das Baleias como Recurso na África do Sul; Michael Donoghue – Baleias, um Imperativo Governamental de Conservação; Victoria Rowntree – Baleias Francas na Península Valdés: Integrando Ciência e Conservação no Atlântico Sul.

Haverá ainda palestras de Steven Milliken, que falará sobre O Turismo de Baleias em Massachussetts na Visão de um Operador; Carole Carlson – Usar Sem Matar: o Aproveitamento das Baleias por Métodos Não-Letais; Cientista Sênior do Fundo Mundial para o Bem-Estar dos Animais; Elsa Cabrera – Baleias no Chile: Resgatando o Interesse Nacional; Rodrigo Garcia Píngaro – Baleias no Uruguai: Histórico e Atualidade.

A palestra de Roxana Schteimbarg será sobre Baleias, Educação e Ciência: o Papel do Instituto de Conservación de Ballenas; de Márcia Engel será sobre Pesquisa e Conservação das Grandes Baleias na Bahia; e de Régis Pinto de Lima, sobre A Política Brasileira para Mamíferos Aquáticos – Como Fazer Conservação na Prática.