O jeito romântico de amar do homem não é como o das mulheres. O amor que o homem demonstra é mais prático. Quando ele sai alegre com os filhos para passear, isto é amor. Ao trazer uma fruta que só a esposa gosta, isto é amor. Quando deixa de comprar algo para si para comprar para os filhos ou para ela, isto é amor. Quando não demonstra amor sentimental pela esposa não quer dizer que não a ama. Quer dizer que ele não sabe como fazer isto. Ainda. Mas pode aprender. Esta esposa não deveria concluir em sua mente que ele não a ama por não manifestar romance por palavras.

Ninguém mais importante do que a esposa para elogiar o trabalho que o marido faz de uma maneira que o satisfaça plenamente. Quando uma esposa faz isto é muito provável que ele, valorizado por ela, tenha mais prazer na presença dela e se dedique mais a ela.

Esposas costumam não elogiar o trabalho do marido porque crêem que se o fizerem eles irão dedicar-se mais ainda ao trabalho e a deixarão de lado. Alguns poderão fazer isto sim. Mas provavelmente são os que já fazem isto, mesmo sem elogios da esposa. Estes precisam compreender a falta que a esposa sente da companhia deles. E precisam aprender a abrir mão do seu egoísmo e idolatria do trabalho (ou de si mesmos?).

Quando um homem casado não é valorizado pela esposa que ele ama porque ela não compreende a importância do trabalho dele ou não entende a responsabilidade que ele tem, ou se compreende e entende não elogia mesmo assim, a tendência deste homem é voltar-se mais para o trabalho porque isto pode ser uma defesa pela frustração de não ter da esposa o amor que ele esperava receber dela através de valorização do seu lado profissional.

Ela pode pensar e crer que amor é só em nível romântico. Romance num casal é um dos tipos de manifestação e prática do amor humano conjugal. Romance não é o todo. É uma parte. E nessa parte os homens não são profissionais. Mas isto não é o mesmo que dizer que homens não sabem amar. Eles sabem amar de uma maneira diferente e podem aprender a amar de outra maneira, ou seja, de uma maneira que possa preencher algumas outras necessidades femininas.

Mas a pergunta é: É possível mulheres aprenderem a amar de uma maneira prática que envolve elogiar e valorizar seu marido pelo que ele faz profissionalmente? Ou elas só vão fazer isto quando eles forem românticos com elas?

A felicidade da esposa depende muito de como ela trata seu marido. Se ela o respeita, dá apoio moral, elogia seus esforços para trabalhar (o que não quer dizer que tenha que concordar com tudo o que ele faz), ocorre dentro dele um despertamento forte de afeto por ela, vontade de estar junto dela, mesmo que ele não use palavras românticas. E isto é amor do homem.