O módulo Consumo Alimentar Individual da Pesquisa de Orçamentos Familiares, do IBGE, divulgada no final do mês de julho, indicou que os brasileiros estão ingerindo menos de um terço dos alimentos recomendados para a prevenção do câncer.

Conforme os dados da pesquisa, o consumo de frutas, legumes e verduras diário é de apenas 126,4 gramas, menos de um terço dos 400 gramas mínimos recomendados para prevenção de neoplasias.

Entidades mundiais voltadas às pesquisas sobre a doença estimam que se a população brasileira passasse a consumir diariamente quantidade ideal desses alimentos, cerca de 20% dos casos de câncer poderiam ser evitados.

O nutricionista do Instituto Nacional do Câncer (Inca) Fábio Gomes, aponta outro dado preocupante do estudo do IBGE: a presença de 523 gramas de carne vermelha na mesa dos brasileiros toda semana.

“De acordo com as informações de consumo alimentar individual, 7% dos casos de câncer de cólon e reto (intestino grosso) poderiam ser evitados se a média de consumo semanal de carne vermelha fosse inferior a 500 gramas”, alerta o especialista.

As estimativas do Inca apontam que, até o final de 2011, quase meio milhão de pessoas deverão receber o diagnóstico de câncer no Brasil. Desse total, as mulheres estão no topo do ranking, com cerca de 253 mil casos (52%), contra os 236 mil casos estimados para os homens.