Costuma-se dizer que o cabelo é a moldura do rosto e isso, esteticamente, é verdade. Afinal, ele ressalta belos formatos e disfarça traços indesejáveis; mas o cabelo também é o reflexo do nosso corpo, do nosso estado de saúde e pode evidenciar possíveis problemas no organismo.

Um dos caminhos para manter um cabelo saudável é o cuidado com a alimentação.
Uma dieta com pouca ingestão de proteínas, além de outros nutrientes, pode enfraquecer o fio, pois o cabelo é composto basicamente de proteína. Este componente é normalmente encontrado em carnes, ovos, leite e seus derivados, soja, grãos e castanhas. Além disso, aquelas pessoas que ingerem grande quantidade de gordura e poucas vitaminas correm o risco de ficar com o cabelo frágil.

Segundo o cabeleireiro Neto Vieira, proprietário do salão Neto?s Cabeleireiros, “o cabelo também sofre com uma alimentação inadequada e com exageros que fazemos com o nosso organismo”, diz. Um exemplo muito comum é a queda acentuada dos fios após regimes radicais, com uma grande perda de calorias, “a pessoa não tem uma alimentação balanceada e perde muitas proteínas, vitaminas e sais minerais e, com isso, também os seus cabelos”, afirma Neto.

Uma dieta adequada é também uma forma indispensável de tratamento de beleza. E o ideal para aqueles que desejam perder alguns quilinhos seria procurar orientação médica, para evitar futuros problemas.

Para a cabeleireira Simone Santos, também proprietária do Neto?s Cabeleireiros, “os cabelos fazem parte do organismo, têm vida e precisam desses nutrientes que são levados até eles através da corrente sanguínea, alimentando assim o bulbo capilar”. Simone acrescenta ainda que problemas hormonais podem influenciar no aspecto do cabelo, provocando queda e perda de brilho. “Alterações emocionais e o esgotamento físico e mental, o famoso estresse também podem afetar a saúde dos fios”, explica.

“Tudo tem que estar em harmonia e o resultado de um corpo saudável se observa também em unhas e cabelos fortes e brilhantes. Afinal as unhas e a pele, assim como os cabelos, também refletem nosso estado de saúde”, finaliza Simone.