ms05250707.jpgA criança é a principal vítima das queimaduras, muitas vezes fatais. Sua curiosidade a leva a explorar todo o ambiente, especialmente o doméstico, expondo-se a uma série de perigos. O aumento desses incidentes acontece no período de férias. ?A maior parte dessas crianças se queima dentro de casa, na cozinha?, revela o cirurgião plástico Manoel Alberto Prestes, do serviço de queimados do Hospital Universitário Evangélico de Curitiba. Para o especialista, a cozinha deve ser território proibido para os filhos pequenos. Principalmente durante a preparação das refeições. ?É muito mais fácil prevenir queimaduras do que tratá-las?, diz.

No Brasil, as queimaduras constituem, nas diferentes idades, a terceira causa de morte por trauma, assumindo a segunda colocação, se considerada apenas o universo de crianças menores de quatro anos. Especialistas do Departamento de Segurança da Criança e do Adolescente da Sociedade Brasileira de Pediatria explicam que os traumas sofridos por queimaduras provocam lesões na pele com repercussões em todo o organismo, como desidratação, choque, paralisação dos rins, lesões dos pulmões e das vias respiratórias e infecção.

Lesões graves

Alguns tipos de queimaduras são mais comuns em crianças. ?80% dos acidentes são causados por líquidos quentes, na cozinha?, diz Prestes. Os líquidos escaldantes, como água, café, chá e o óleo de cozinha causam queimaduras sérias. Principalmente o óleo, por atingir temperaturas mais altas. ?As queimaduras de óleo geralmente são de 3.º grau?. O segundo lugar no ranking dos responsáveis por queimaduras em crianças são os líquidos inflamáveis, como o álcool e o querosene. ?Quando um líquido desse pega fogo, ele explode, o que aumenta a extensão da ferida e dificulta sua recuperação?, esclarece.

De acordo com os especialistas, os aspectos clínicos que avaliam a gravidade das queimaduras são quatro: profundidade, extensão, localização e idade. Assim, quanto mais jovem é a pessoa, mais grave é a lesão por queimaduras. O fator mais conhecido é a de profundidade, que pode ser classificada em primeiro, segundo e terceiro graus.

As de primeiro grau afetam somente a epiderme, caracterizando-se por vermelhidão. As de segundo grau afetam a epiderme e a derme e geralmente produzem bolhas, que se formam na pele queimada. Por sua vez, as lesões de terceiro grau atingem tecidos mais profundos, até o tecido subcutâneo: a pele se torna branca, acinzentada ou escura, sem umidade e elasticidade.

Para cada grau de gravidade das queimaduras, os médicos indicam diferentes ações de primeiros socorros, que podem ser feitas por pessoas da comunidade e familiares. Se realizadas de forma correta, melhora em muito a evolução do paciente. Mas os especialistas alertam que todos os casos relacionados a queimaduras infantis, por menor que sejam, devem ser tratados por uma equipe médica com enfermeiros, pediatras e anestesistas.

Perigo!

* Nunca segure a criança no colo quando estiver bebendo líquido quente ou cozinhando. Sempre vire a alça das panelas para dentro do fogão.

* Teste a água do banho com o seu antebraço antes de colocar o bebê para tomar banho.

* Tomadas e fios descascados precisam estar protegidos.

* Mantenha objetos aquecidos como cigarros e ferro de passar fora do alcance, bem como os fios.

* Alguns produtos de limpeza podem causar queimaduras químicas. Mantenha álcool líquido, desentupidores, limpadores de forno e alvejantes fora do alcance da criança.

* Ensine a criança a não puxar objetos, como toalhas de mesa e fios que podem derrubar coisas quentes sobre elas.

* Mantenha fósforos e isqueiros fora do alcance delas.

* Ensinar a criança a se comportar diante de situações perigosas é sempre a melhor prevenção.

Primeiros socorros

Queimaduras de 1.º grau

Não formam bolhas – Coloque a região queimada em água fria ou gelada, imediatamente. Dê um analgésico à vítima. Se a parte queimada não puder ser mergulhada em água, aplique sobre ela panos molhados em água fria ou gelada até a dor ceder.

Queimaduras de 2.º grau

Formam bolhas – Não fure as bolhas. Caso estas se rompam, adote os procedimentos de lavar o local queimado com cuidado, usando água limpa e fria, previamente fervida. Passe vaselina esterilizada sobre a parte queimada e cubra-a com gaze ou pano limpo.

Queimaduras de 3.º grau

Destrói a camada produtora de células da pele – Se a roupa da pessoa pegar fogo, utilize um pano grosso para abafar as chamas. Retire com cuidado os restos das roupas queimadas (se estiverem presas à queimadura, não tente retirá-las, mas recorte ao redor). Lave a queimadura com cuidado, usando água limpa. Passe vaselina sobre a parte queimada e cubra-a com gaze ou pano limpo. Encaminhe a vítima imediatamente ao hospital mais próximo.