exercicio01020408.jpgAproveitar todas as vantagens da terceira idade de forma independente, saudável e feliz faz parte dos sonhos de todos os idosos. De acordo com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), a população mundial é composta por aproximadamente 705 milhões de pessoas com idade superior aos 60 anos. Senhores e senhoras de todos os cantos do mundo buscam a receita para alcançar uma vida cada vez mais saudável.

Enquanto a ?fórmula mágica? para uma vida perfeita não é descoberta, os especialistas recomendam algumas atitudes fundamentais para envelhecer de forma tranqüila, livre de problemas físicos e de saúde. Para a especialista em nutrição clínica, Teresina Mendes dos Santos, entre as atitudes recomendadas para uma vida saudável destacam-se os bons hábitos alimentares e a prática de atividade física regular que, dentre os fatores conhecidos e comprovados, é o que enfrenta maior resistência pelos idosos, devido às limitações que dificultam a execução dos exercícios.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as atividades físicas interferem diretamente para a melhoria da qualidade de vida, pois estimulam sistemas fundamentais do corpo humano (músculo-esquelético, respiratório, cardiovascular e nervoso central), retardando as alterações corporais relacionadas ao envelhecimento. Os exercícios colaboram também para a manutenção da densidade óssea, diminuindo a ação da osteoporose, doença responsável por graves fraturas devido o enfraquecimento e aumento da porosidade dos ossos.

Caminhadas

exercicio02020408.jpgAs enfermidades cardíacas, os problemas com colesterol alto, diabetes, hipertensão, e a temida depressão também podem ser controladas com a prática de exercícios. Além de gerar inúmeros benefícios para a saúde, as atividades promovem também a socialização e estimulam o convívio em grupo.

O cardiologista curitibano Antonio Arruda Silveira Júnior, diretor do Instituto Lyon de Reabilitação (centro médico com atenção integrada em geriatria, cardiologia e clínica médica diz que a adoção de hábitos de vida saudável e, especialmente a prática de exercícios físicos adequados, são essenciais para impedir os fatores de risco para a ocorrência de doenças que elevam índices de mortalidade.

Visando proporcionar aos idosos uma vida saudável, diversas atividades passaram a ser elaboradas para tornar os trabalhos físicos uma prática comum na terceira idade. O exercício mais praticado por pessoas com mais de 60 anos é a caminhada. Apesar de ser uma atividade simples, a caminhada traz importantes avanços à saúde, pois ativa o sistema músculo-esquelético, trazendo benefícios para a saúde cardíaca.

Hidroginástica e yoga

Para aqueles que se sentem dispostos e procuram um exercício de baixo impacto, a hidroginástica (ginástica dentro da água) é a mais recomendada, pois colabora para a recuperação da movimentação das articulações e da flexibilidade. Além disso, a prática freqüente ajuda a diminuir a tensão articular, aumenta a força e a resistência, promovendo melhorias nos sistemas cardiovascular e respiratório, contribuindo também para o relaxamento e para a diminuição das tensões mentais.

Além dos exercícios mais conhecidos, o yoga também desponta como aliada no combate ao envelhecimento. A prática da técnica oriental desenvolve a sensibilidade do praticante, fazendo com que ele tenha maior contato com o seu universo físico, mental e emocional. ?Com efeito, também colabora para a manutenção de uma boa postura corporal e para a diminuição de tensões neuromusculares, melhorando a concentração e a capacidade respiratória?, reconhece a bióloga e professora de yoga, Daniela Reis, do Gaya Yoga Spa.

Os idosos que acreditam que a idade é um impedimento para começar uma atividade física podem ficar despreocupados. A professora Daniela Reis afirma que a decisão de praticar trabalhos físicos pode ser tomada em qualquer momento da vida, colaborando para o bem-estar diário e para uma vida mais saudável e feliz. Para que isso ocorra, basta estabelecer objetivos para a execução das atividades. ?O ideal é sempre buscar, por meio de orientação profissional, o exercício mais adequado para alcançar as metas traçadas?, completa Daniela.

Orientação profissional

Está cada vez mais comprovado que exercícios físicos estão entre as atividades mais saudáveis que uma pessoa pode proporcionar a si mesmo, porém alguns idosos são relutantes em praticá-los. Alguns têm medo que exercícios físicos sejam muito extenuantes ou que possam prejudicá-los. Estudos mostram que exercícios físicos são seguros para todas as faixas etárias e que, ao contrário, os idosos prejudicam mais sua saúde ao não praticá-los.

Em geral, homens acima dos 40 anos de idade e mulheres acima dos 50 anos devem consultar um médico antes de começar a praticar exercícios físicos.

De acordo com os especialistas, quatro tipos de exercícios são importantes para as pessoas de qualquer idade se manterem saudáveis e independentes: força, equilíbrio, flexibilidade e resistência.

Também é fundamental que o idoso procure orientação de um profissional de educação física qualificado que passará a combinação de exercícios físicos adequada às suas necessidades e características ou indicará a atividade que mais se enquadra em cada perfil.