O ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse nesta sexta-feira (21), em Washington (EUA), que as Forças Armadas estão dispostas a ajudar no combate dengue e no tratamento dos infectados com a doença no Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa do ministro informou que Jobim levantou a possibilidade de os hospitais de campanha participarem da ação, como foi feito há dois anos, durante a intervenção federal na saúde no estado.

O Estado Maior de Defesa ainda não definiu de que forma os militares poderão colaborar. As possibilidades estão sendo levantadas, segundo a assessoria. No início da semana, o ministro Jobim deve se reunir com os três comandantes das Forças Armadas para definir como será a operação.

Nelson Jobim volta na madrugada deste domingo (22) de Washington onde está desde a última terça-feira (18) para conhecer a estrutura de defesa norte-americana.