Um estudo recente publicado na revista britânica The Lancet identificou que cerca de 1,5 bilhão de pessoas sofrerá de hipertensão em 2025. Segundo pesquisas feitas no ano de 2000, 972 milhões de pessoas apresentaram pressão sanguínea elevada, cerca de 26,5% da população adulta mundial. Essa porcentagem não inclui, no entanto, pacientes que apresentam pré-hipertensão, pressão sanguínea pouco mais elevada que o comum.

Segundo o pesquisador responsável pelo estudo, Jiang He, da Tulane University School of Public Health and Tropical Medicine, em Lousiana, na China, a hipertensão é o fator responsável por mais de um milhão de mortes em pessoas que ainda não chegaram aos 70 anos de idade, e por mais de dois milhões de mortes no total.

Prevenindo e controlando a hipertensão

É possível prevenir a hipertensão e controlar para que a pressão sanguínea não sofra picos preocupantes. “Os maus hábitos à mesa e o sedentarismo colaboram para que os casos de hipertensão aumentem. Muitos pacientes vivem com a doença e não sabem, porque ela não traz sintomas no início”, afirma José Kawazoe Lazzoli, especialista em cardiologia e presidente da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBME).

> Verifique a pressão arterial mensalmente
> Evite o excesso de peso
> Mantenha uma alimentação saudável
> Reduza o consumo de bebidas alcoólicas
> Passe longe do cigarro
> Pratique atividades físicas