Uma organização mexicana promove a “risoterapia” como método para aliviar o estresse e algumas doenças, melhorando os sistemas cardiovascular, respiratório, imunológico, muscular e nervoso central.

Os integrantes da associação Risoterapia ? Associação Civil são psicólogos e médicos que consideram que a risada é “o melhor antídoto contra o estresse e ajuda a melhorar a saúde”, afirmação na verdade já formulada várias vezes no passado.

A associação, que percorre hospitais e centros de saúde da capital mexicana para apoiar pacientes com diversos males, recomenda 20 minutos diários de risada como “o remédio ideal para enfrentar qualquer problema”, incluindo as doenças.

Seu argumento é simples: as risadas verdadeiras e explosivas são capazes de mover até 400 músculos do corpo, ativam o sistema imunológico e oxigenam os tecidos.

Os integrantes do grupo Risoterapia são comandados por Sandra Reyes, uma psicóloga que, junto a seus colegas, costuma visitar os doentes vestida de palhaço. Seu singular método terapêutico é inspirado nos estudos do médico americano Hunter “Patch” Adams, que colocou em prático a “risoterapia” e demonstrou que se podem obter melhoras importantes no estado mental e físico de pacientes afetados até por doenças mortais, como a Aids e o câncer.

“Uma piada pode romper o gelo, liberar a tensão e dar confiança”, afirmou Sandra Reyes, que diz que cinco minutos de gargalhadas podem equivaler a 45 minutos de exercício.