Devido às baixas temperaturas, o inverno é a época do ano em que é preciso redobrar os cuidados com a saúde. No caso das mulheres, a atenção deve se estender à higiene íntima, uma vez que o frio aumenta a proliferação de germes nocivos às defesas genitais. Segundo o ginecologista e obstetra André de Paula Branco, é no inverno que os fatores imunológicos apresentam queda e, por isso, estão mais suscetíveis aos agentes bacterianos, fúngicos e até virais.

Assim, elas devem cuidar para não apresentarem quadros gripais e infecções típicas do inverno, já que estas situações exigem o uso de antibióticos nocivos à flora vaginal. Para evitar doenças e infecções genitais é preciso que as mulheres se mantenham em dia com a higiene íntima. É importante que os sabonetes que auxiliam na higienização sejam ginecologicamente testados e tenham garantida sua ação dermatológica.

“As mulheres que possuem alergia a produtos de higiene, perfumes ou conservantes devem ficar atentas já que esses produtos possuem algumas substâncias alérgicas, como o clorexidine, propilenoglicol e formaldeído”, afirma o especialista.

Também existe a opção dos lenços umedecidos. Além de práticos, podem ser usados fora de casa, em banheiros públicos. No entanto, é preciso ter cuidado: “o uso excessivo dos lenços degrada a camada de muco da pele, facilitando o crescimento de bactérias no local”, explica o especialista. “Tão importante quanto lavar é o ato de secar. Depois da higiene correta, as mulheres devem manter seus genitais bem secos”, finaliza.