A notícia da morte personal trainer Dean Wharmby, na terça (21), que desenvolveu câncer no fígado e culpou sua alimentação recheada de proteínas pela doença causou um burburinho entre os atletas do fisiculturismo, já que são eles os maiores adeptos de dietas hiperproteicas.

Sue Lasmar, atleta WBFF, formada em Nutrição e Educação Física e uma das musas fitness de maior sucesso no Brasil e nos Estados Unidos, resolveu opinar sobre o caso. Sue acredita que Dean deve ter exagerado nos anabolizantes e que não se pode afirmar a causa certa da morte do fisiculturista.

“Bom, isso só mostra o quanto somos frágeis, e ainda assim pessoas insistem em passar dos limites para chegar no corpo ideal. Tudo em excesso faz mal, até água em excesso faz mal! No caso dele não só a proteína como também as calorias e principalmente a quantidade de anabolizantes que esse homem deve ter usado. Não podemos afirmar que ele morreu devido à alimentação ou ao anabolizante. O câncer tem muitas causas, um conjunto de péssimos hábitos com a predisposição em desenvolver a doença, por exemplo. Quem sabe?!”, questiona a modelo e atleta. 

Samuel Melim/MF Models Assessoria

A musa continua: “Enfim, o que quero dizer é que não acho justo colocar a culpa na dieta absurda apenas. Tem que levar em conta que ele consumiu muito anabolizante. Ou que ele poderia ter tido alguma predisposição a ter a doença. E acabou acelerando o processo”.