Você é daqueles(as) que chega ao final do mês sem nenhum dinheiro no bolso? Pesquisas apontam que apenas um a cada quatro brasileiros conseguem cobrir os gastos e poupar algum dinheiro ao fim do mês; e pior, cerca de 30% tem gastos maiores que a renda mensal, o que é bem preocupante.

A renda versus despesas é sem dúvida uma das maiores preocupações da sociedade brasileira atual. Nos preocupamos em manter as contas em dia, em manter-se no emprego para continuar obtendo renda para as necessidades diárias, e até mesmo há preocupações em conseguir colocar comida na mesa. Triste realidade.

Para isso, quero novamente te ajudar com algumas dicas importantes de economia, ações que podem ajudar a sobrar dinheiro ao final do mês e, consequentemente, iniciar o processo de mudança de vida financeira apontando aos investimentos. Então vamos lá!

Dica 1: Mudança de mindset.

É claro que para sobrar dinheiro ao final do mês você precisa entender que atitudes precisam ser tomadas, seu mindset precisa ser diferente. Você precisa aceitar as necessárias mudanças, como por exemplo, deixar de consumir o supérfluo, deixar de estocar produtos em casa e comprar em menor quantidade, entre outras atitudes.

>> Viu essa? Sete barraquinhas e lanchonetes de cachorro-quente para conhecer em Curitiba e região

Dica 2: Você precisa criar um planejamento financeiro e estratégico

Organize suas finanças nos métodos 50 30 20 ou 70 30 (vou deixar um link abaixo (“Leia também”) sobre o tema e ao final da matéria um vídeo no canal do Youtube), criar sua reserva de emergência e principalmente organizar suas finanças criando a metinha, meta e metona. Sabia que tem como investir a partir de R$ 1?

>> Leia também: Quanto devo poupar para os investimentos?

Dica 3: Pedir desconto

Não é desvalorizar o produto ou serviço daquela pessoa ou empresa que você está comprando, mas normalmente a margem de lucro bruto já preveem esse pedido, especialmente para custo de compras a prazo. Como você só compra quando tem dinheiro e não apenas por consumismo (certo?) terá o poder de barganha a seu favor para pedir aquele descontinho na compra à vista. Vale a pena!

Dica 4: Evite desperdício

Consumismo exagerado ou até mesmo guardar objetos encostados não ajuda em nada sua vida financeira. Venda o que não usa mais, deixe de consumir o que não precisa. Se você vender este produto que está na sua casa e que não usa mais, ou até mesmo se economizar essa grana que iria gastar com algo supérfluo, já pode investir para o futuro ou até mesmo poupar para eventualidades do final do mês.

Vou te contar um exemplo bobo, mas que realmente funciona: sabe aquela penca de bananas que costuma comprar e sempre perder algumas porque se estragou? Se contabilizar cada uma dessas perdas (isso que estou falando apenas de um produto) verá que ao final do mês é uma boa grana jogada fora. Portanto, drasticamente aqui é apenas uma ação: DESPERDÍCIO ZERO! Já pensou em encarar o desafio da riqueza?

Dica 5: Pesquise

Sei que dá uma certa preguicinha, mas pesquisar é um dos melhores caminhos para se economizar e sobrar dinheiro no final do mês. São diversas opções: você pode pesquisar pessoalmente; pode pesquisar produtos na internet através de plataformas como Google; você pode pesquisar em aplicativos do governo do estado para ver o preço dos produtos. Não tem desculpa, faça muita pesquisa que sentirá os resultados!

A atitude é a grande chave para você economizar e sobrar dinheiro no final do mês. Então te pergunto: está preparado(a)?

Meu nome é Marlon Roza, sou seu Amigo de Negócios

+Leia ainda! Os primeiros passos para abrir um negócio próprio com pouco dinheiro (05 passos práticos e simples)