Há pessoas que colocam o emprego como um dos seus negócios, outras como sua principal fonte de subsistência, seja qual for seus objetivos, perder um emprego nunca foi confortável para ninguém e quando isso acontece ficamos perdidos, sem rumo, sem saber o que fazer.

A pandemia alavancou a possibilidade do desemprego, afinal, as medidas restritivas dos governos para com o comércio podem afetar diretamente a saúde das empresas, consequentemente as possibilidades de contratação ou manutenção dessas vagas ficam afetadas como um todo.

Imagem de Firmbee por Pixabay

Para você que perdeu o emprego e está sem rumo, sem saber por onde recomeçar, assim como faço no meu Instagram Amigo de Negócio, quero te trazer algumas dicas de como sair a “caça”, sair em busca da renda que possa manter seus projetos, sonhos e subsistência diária. Vale a pena conferir!

Dica nº 01 – Cerque a sua nova vaga de emprego. Crie um planejamento de busca de sua vaga colocando no papel tudo o que você precisa para alavancar suas possibilidades:• Se quer uma nova vaga de emprego, revise seu currículo deixando-o mais objetivo e moderno. Nunca minta, nunca escreva o que realmente não é capaz de fazer, não crie informações que não condizem com a realidade e a verdade.

  • Faça uma lista de todas as empresas de Recursos Humanos existentes em sua cidade (desde as oferecidas pelo Governo, como SINE, até mesmo as empresas particulares -essas empresas você pode encontrar em jornais de empregos ou na internet)
  • Cadastre seu currículo em todas as empresas encontradas, e, se possível, faça uma visita a todas elas (atualmente existem grupos, fanpages, entre outros meios de comunicação que oferecem vagas, fique atento a todas elas).
  • Pesquise e faça novos cursos. Normalmente aqui está o grande gargalo das dificuldades de se conseguir um novo emprego. O mundo mudou, novas tecnologias e novos conhecimentos foram injetados na sociedade, você precisa entender isso. Nunca deixe de demonstrar a empresa que você está a todo momento buscando crescimento e novos conhecimentos, isso faz total diferença para o entrevistador ou diretor da empresa.
  • Ao realizar uma entrevista, demonstre que está preparado para aquela vaga. Leia o site da instituição e todas as informações que possa conseguir sobre ela. (Aqui vale uma grande reflexão: não deixe de conferir se os propósitos, objetivos da empresa, métodos, são condizentes aos seus. Escolher a empresa apenas por desespero pode ser um grande problema para seu futuro próximo, faça você a melhor escolha).
  • Se você tem um conhecimento que acredita ser extremamente importante para a empresa, mas que o dono do negócio ou diretor ainda não conseguiu enxergar, mostre isso, crie sua própria vaga. Faça com que eles vejam o quanto é importante ter você no quadro de colaboradores.

Dica nº 02 – Crie renda extra. No final do ano passado eu trouxe uma matéria, “Sete dicas para ter uma renda extra e realizar seus sonhos”, que pode te auxiliar muito bem no que precisa para o momento. Criar renda extra é, normalmente, a ação mais eficaz para este tipo de momento que está vivendo, pois pequenas ações em casa podem te render bons frutos.

CONFIRA TAMBÉM: 05 Dicas para fugir das dívidas

Dica nº 03 – Marketing ou comércio digital. Muitas pessoas começaram, em tempos de crise, a vender coisas pela internet. Além de vender seu conhecimento em marketing digital, você pode ser um afiliado digital vendendo cursos de plataformas digitais ou até mesmo afiliados de grandes redes de lojas. Vale a pena pesquisar sobre o assunto.

Dica nº 04 – Seja consultor ou mentor. Se você tem uma habilidade diferenciada e que pode auxiliar outras pessoas a alavancar seus negócios, sonhos ou objetivos, ofereça isso, você pode ter grandes surpresas positivas com este tipo de negócio.

CONFIRA TAMBÉM: 05 ideias de negócios para mulheres empreendedoras

Dica nº 05 – Será que não está na hora de você abrir seu próprio negócio? Agora que você tem um pouco mais de tempo disponível, faça um estudo aprofundado da possibilidade de desengavetar aquele seu sonho antigo de ter seu próprio negócio. Faça o levantamento das possibilidades, custos, localização, pesquise tudo sobre o que pretende oferecer, e, caso ainda fique na dúvida, procure especialistas que possam te ajudar nessa análise do negócio.

Saiba que as dificuldades vêm e vão para todos, mas é a capacidade que temos do autogerenciamento, elemento essencial da inteligência emocional, que nos manter vivos para novos desafios.

Meu nome é Marlon Roza, sou seu “Amigo de Negócios”.