O cartola Mario Celso Petraglia, presidente do Athletico, sobre a transmissão das imagens de Fortaleza 0x2 Athletico, afirmou: “Lamento e me envergonho pelos que utilizaram o site pirata para assistir o jogo de ontem”.

Assisti e não me envergonho. E nem um torcedor atleticano autorizou o cartola a se envergonhar por ele. Primeiro, porque a ética de Petraglia não é referência a ser seguida; segundo, porque nenhum torcedor tinha conhecimento dos termos do contrato, que o próprio Athletico assinou.

Mas, esse fato, serve como prova de que a Medida Provisória do Mandante só beneficia os clubes de maior amplitude nacional. A TNT tinha duas opções para programar o futebol: Fortaleza x Athletico e Coritiba x Internacional. Em razão da supremacia popular do Inter em relação ao Athletico, preferiu o jogo do time gaúcho. E, assim, da forma como foi formulada a MP por Bolsonaro, clubes sem influência nacional, sem que exista uma obrigação coletiva, ficarão como acessórios.

À propósito, uma associação de sócio do Athletico, com base na MP do mandante, conseguiu uma ordem liminar para que o clube exerça passa transmitir os jogos da Baixada.

A causa é inusitada por um simples fato: os direitos de televisão pertencem ao clube e não à associação diversa dele. Pela Lei Pelé, uma associação de sócios ou torcedores é parte ilegítima. O que não está explicado é se o Furacão concorda ou não em usar a ordem judicial. Se há causa, o que o clube tem que fazer é ingressar na ação como coautor.

O que não pode é aparentar ter usado a “mão do gato”.

Esperança

O Paraná joga na Vila contra o Avaí. O seu bom jogo em Sergipe no empate com o Confiança (2×2) veste-lhe de favorito. E, depois, contra o Juventude, também, na Vila. De repente, o Paraná pode transformar o imprevisto em fato certo, que é ficar no grupo de cima da Segundona.

Dúvidas

Sassá não é nenhum exemplo de jogador. Quase sempre gordo e sempre boêmio, passou a ser o terceiro reserva do comando do ataque do Coritiba. Isso explica bem, a razão pela qual o time de Barroca não chuta a gol.