Pachequinho é o novo técnico do Coritiba.

Então, é possível afirmar que o Coritiba tomou a decisão certa, depois de já ter tentado todas as outras. Porque Pachequinho foi a melhor solução, explico depois.

Antes não se pode ignorar, a falta de lucidez dos dirigentes coxas para tomar decisões importantes. O episódio da contratação de um novo treinador tem semelhança ao caso Ronaldinho Gaúcho. Agora, submeteram o clube à recusa de Marcelo Oliveira, Levir Culpi, Vanderlei Luxemburgo e, por último, Jorginho. Aqueles tiveram, pelo menos, respeito pelo clube e simplesmente recusaram conversar; esse Jorginho, dizer não, exigiu condições desproporcionais aos recursos do Coritiba, e do seu seu próprio valor como técnico.

Qual, afinal, foi o critério usado pela diretoria de Bacellar? Nenhum. Os nomes foram surgindo de forma aleatória e especulativa, vício comum de dirigentes sem discernimento e sem projeto.
Pachequinho é o novo treinador.

A pergunta é: até quando?

A resposta é simples: ficará até ter uma sequência de derrotas. O seu futuro não será diferente do que seria o futuro de qualquer outro treinador que fosse contratado. Não havendo projeto, pois o tempo já passou para essa diretoria, a solução que restou é o imediatismo, que no futebol obriga recorrer ao improviso.

Pachequinho era para ser uma solução por opção.

Acabou sendo uma solução por exclusão.

Por ser assim a solução, Pachequinho será demitido se perder eventual Atletiba das finais.

Bem resumido: a diretoria engana Pachequinho, a torcida e a si próprio.

Sucesso

Se fosse a foto de Brad Pitt, vestindo a mais bela camisa do Atlético, que se idealizou e produziu, não causaria o impacto que provoca a imagem de Thiago Heleno, no banner, que convida o atleticano ser sócio. É um negro belo por ser único: o da cor de Thiago é uma continuidade do negro da camisa, tornando-a definitivamente de uma beleza que comove o torcedor. A foto é a caracterização rara no futebol brasileiro de como deve se usar o direito de imagem que se adquire do ídolo. A camisa expressa tanto sentimento, que deveria ser adotada para criar a identidade definitiva do clube.