Entra ano, sai ano, e as tendências vão mudando. Já tivemos a fase romântica, a fase pegação e o sertanejo inicia 2018 apostando na volta do modão. Pelo menos é o que mostra a maioria dos recentes lançamentos nos últimos dias.

Um primeiro exemplo é Zé Neto & Cristiano, que ontem mesmo lançaram o clipe de Largado às traças. Uma das duplas sensações do momento, que explodiram em 2017, não fugiram da característica e chegam mostrando que o ano promete ser ainda melhor.

Quem também seguiu no embalo foram George Henrique & Rodrigo. Com Cliente Preferencial, eles continuam na linha de Copo em Copo, música de trabalho do segundo semestre de 2017, com uma batida acústica, mas voltado para o modão.

Sem falar aqueles que construíram a carreira com esse estilo. Loubet lançou na semana passada Muié Brava, enquanto João Bosco & Vinícius estão com o projeto Segura Maracaju e regravaram um velho sucesso, Do Brasil à Argentina, que já havia sido lançado lá atrás por eles e também por Hugo Pena & Gabriel, mas agora na versão acústica.

Não dá pra dizer que é uma tendência, afinal vários cantores e duplas têm outros perfis e não aderirem ao modão. Um exemplo é Pedro Paulo & Alex, que gravaram com Thaeme & Thiago Dançando e comemorando, com o reggaeton embalando o hit, que parece que vai pegar.

Só que, pelo começo do ano, veremos o velho sertanejo recuperar o espaço, que volta e meia fica de lado pela mistura de estilos. Mas, como sempre falo, o sertanejo abraça todo os gostos, basta você escolher o seu.

Shows

Sábado, na Live, a dupla Henrique & Juliano está de volta a Curitiba. No mesmo dia, o Wood’s já entra no embalo do carnaval, tendo como atração É o Tchan.

Férias

Pessoal, esta coluna entrará em férias, mas estará de volta a partir de 14 de março, com várias novidades.