Curitiba ganhou um novo evento de artes marciais. Conhecida como a capital do MMA, a cidade abriga a primeira edição do Cidade da Luta neste domingo (24), no Espaço Torres da Kennedy, antigo salão do Paraná Clube. Os ingressos para a etapa inicial da organização estão à venda por R$ 30 no site www.diskingressos.com.br. O evento também terá transmissão ao vivo pela página oficial no Facebook, a partir das 15h.

Celeiro de grandes atletas como Wanderlei Silva, Anderson Silva, Maurício Shogun e Cris Cyborg, Curitiba tem revelado outros nomes para as grandes organizações, como os casos de Elizeu Capoeira, Klidson Abreu e Goiti Yamauchi. E a revelação de novos talentos é o grande objetivo do Cidade da Luta.

+ Leia mais: Brazil National Pro agita Curitiba com Jiu-Jitsu pra todas as idades 

“Queremos incentivar o esporte, formando um campeonato de base, no qual haverá uma disputa entre as equipes e academias, não apenas para os profissionais, mas também para os atletas amadores”, destaca o idealizador do Cidade da Luta, Ademar Batista. “A ideia é que o evento, em 2020, seja realizado em outras cidades, de forma que possibilite uma edição estadual ao final de ano, com os campeões de cada região”, ressaltou o organizador.

A primeira etapa contará com 18 lutas de diversas categorias, masculinas e femininas de MMA e K1. Os participantes terão premiação em dinheiro e medalhas e, ao final da quarta etapa, os atletas que tiverem melhor classificação em cada categoria vão receber o cinturão do Cidade da Luta.

Entre os principais combates, o destaque fica pela presença de nomes como Eduardo Diniz, Erik Sabugo e Deco da Hora, trio da CM System, além de outros atletas como Wilian Fuga, da Immortal, e Lucas Gabriel, da Thai Brasil.

+ APP da Tribuna: as notícias de Curitiba e região e do Trio de Ferro com muita agilidade e sem pesar na memória do seu celular. Baixe agora e experimente!