Em 2016, Curitiba parou para receber o UFC 198. Foi sucesso total. Mais de 45 mil pessoas compareceram à Arena da Baixada para acompanhar a primeira edição do maior evento de MMA do mundo na meca das artes marciais mistas.

A demora para retornar à capital paranaense se deu por conta do custo muito alto para o evento acontecer na Arena da Baixada. Por outro lado, a vinda da organização para Curitiba trouxe ótimos resultados financeiros para o município, aliás, não só pra cidade. O próprio Atlético lucrou R$ 1 milhão com a realização do Ultimate no “Caldeirão”.

Com as datas para os eventos realizados no Brasil já definidos em 2018 – São Paulo será a última cidade brasileira a receber o UFC nesta temporada -, especula-se que 2019 seja o ano em que o Ultimate retorna a Curitiba.

Em entrevista recente ao Direto do Octógono, o curitibano Maurício Shogun, que faz a luta principal do UFC Hamburgo do próximo domingo, ressaltou que gostaria de voltar a lutar pela organização em sua cidade natal. “Ficaria muito feliz se isso ocorresse novamente. Já está rolando esse assunto [vinda do UFC pra Curitiba em 2019] e tomara que seja confirmado mesmo”, disse o ex-campeão dos meio-pesados.

Direto do Octógono entrou em contato com a diretoria do Atlético, que destacou que há a negociação, apesar das dificuldades para trazer o evento de volta ao estádio rubro-negro.