Em tempos de Uber, o táxi, como diz a música da Angélica, precisou se reinventar. O mesmo acontece agora com a apresentadora global. Isso porque a emissora carioca resolveu tirar o Estrelas do ar e prometeu um novo programa para ela em 2018.

O atual programa de Angélica será exibido até a Copa do Mundo da Rússia, no ano que vem e depois sairá do ar de vez. Atualmente, está no ar a temporada Estrelas do Brasil – este ano já foi apresentado o Estrelas Solidárias. Tudo foi uma tentativa de salvar a atração, que contava os bastidores, as fofocas, as curiosidades da vida das celebridades.

A reformulação promovida pela Globo, no entanto, não mudou o cenário da atração nos índices de audiência. Estrelas é exibido em rede nacional desde 2015, quando também ganhou mais tempo no ar.

Agora, Angélica já trabalha no desenvolvimento de um novo programa junto com a equipe do núcleo de Ricardo Waddington, responsável pelos programas de variedades semanais.

Na Globo, a esposa de Luciano Hulk já fez de tudo: apresentou programa infantil – começou com o Angelmix, que dentro apresentava a novelinha Caça Talentos.

Depois apresentou o Vídeo Game, quadro do Vídeo Show. Era um jogo em que artistas do elenco da casa disputavam semanalmente. Em ambos os casos foi sucesso. Isso sem contar na carreira de cantora (embora não saiba cantar), iniciada na adolescência, na extinta TV Manchete, quando apresentava o Clube da Criança. Angélica também fez participações em séries e novelas. Ou seja: ela tem grande capacidade de se reinventar. Boa sorte para ela mais uma vez!