Nesta semana, começaram a pipocar informações sobre o remake de Os Trapalhões, que estreia em 17 de julho no canal a cabo Viva. Renato Aragão (Didi) e Dedé Santana (Dedé), do quarteto original, estarão na atração como professores da trupe de aprendizes Didico (Lucas Veloso), Dedeco (Bruno Gissoni), Mussa (Mumuzinho) e Zaca (Gui Santana).

A ideia é resgatar o humor malandro e pastelão da década de 1970 e 1980. Cada um dos novos trapalhões chegou ao programa por motivos diferentes. Gui Santana é humorista e fez carreira na MTV e no Pânico na Band. Foi por causa da imitação perfeita do personagem de Mauro Faccio Gonçalves, o Zacarias, que ele se destacou e foi contratado pelo grupo.

Mumuzinho é sambista, assim como era Mussum, falecido em 1994, que fazia parte do grupo Os Originais do Samba antes de integrar o humorístico na Globo. Também participou de filmes nacionais como Cidade Deus e sempre é confundido com o filho de Mussum, Antônio Carlos Bernardes Gomes.

Para o papel de Didico, uma escalação um tanto quanto inusitada. O comediante Lucas Veloso superou nomes mais conhecidos, como Rodrigo Sant’anna. Filho do humorista Shaolin, já falecido, e lançado na novela Velho Chico (2016), Veloso ganhou pontos dentro da Globo por ser nordestino, como Renato Aragão, e excelente imitador.

Já Bruno Gissoni, que interpreta o Dedeco nesta nova versão do humorístico, o pupilo de Dedé Santana, foi escalado às pressas, depois que Armando Babaioff precisou deixar a série.

As esquetes retomarão com o clássico cenário do quartel, com as participações do Sargento Pincel (Ernani Moraes, que substitui Roberto Guilherme) e de Tião (Nego do Borel, no lugar de Tião Macalé). Os quadros em que o quarteto incorpora super-heróis como Superman e Batman também estarão de volta. Além das imitações musicais, uma das marcas mais engraçadas de Os Trapalhões original.