Esta semana fomos pegos por uma intensa massa de ar polar, que derrubou as temperaturas e trouxe até neve ao interior do Paraná. Em Curitiba, a capital mais gelada do Brasil, os últimos dias (e noites) foram de muito frio, com temperaturas que chegaram a -2ºC. Condição extrema, que castiga nossa saúde e que também não poupa os animais.

E assim como a gente, nossos pets também além de sofrer com o frio, podendo até desenvolver doenças respiratórias, se não forem protegidos. Segundo a médica veterinária Carla Janeiro Coiro, parceira da Comissão de Animais de Companhia (Comac) do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal, “os animais de estimação precisam de cuidados especiais nesta época do ano, para minimizar possíveis quedas de imunidade, que podem ser a porta de entrada para a ocorrência de doenças respiratórias, principalmente as de caráter infeccioso e particulares de cada espécie”.

Por isso, para evitar que seu bichinho fique doente, nos dias mais gelados deixe que ele durma dentro de casa ou na garagem, em um lugar protegido do vento. Ou então faça uma revisão no canil ou na casinha dele, para ver se não há muitas frestas, que deixam o ar gelado e a chuva passarem. Colocar um cobertor para os cães e proteger a gaiola das aves também ameniza a sensação de frio. As roupinhas também são uma ótima proteção e os banhos podem ser espaçados. Já a alimentação deve ser caprichada, para reforçar a imunidade. E se você notar que ele está tossindo, desanimado, sem apetite ou até com febre, leve ele logo ao veterinário.

Doenças comuns durante o inverno

Cães

border-collie-1149417_1920

Traqueobronquite infecciosa (tosse dos canis ou gripe canina): semelhante a gripe em humanos, é uma doença altamente contagiosa entre cães, de ocorrência típica nas épocas de frio e em locais com grande aglomeração de animais. É causada por um ou mais agentes, dentre eles dois tipos de vírus e uma bactéria que se alojam nas vias aéreas dos animais. O principal sintoma observado é a tosse seca, podendo ocorrer secreção nasal, febre, falta de apetite, e a melhor forma de conferir proteção aos animais é por meio da vacinação específica para a doença.

Cinomose: causada pelo vírus da cinomose canina (VCC), provoca geralmente quadros de alterações do trato respiratório, podendo evoluir para manifestações gastrointestinais e neurológicas. As baixas temperaturas propiciam a maior sobrevivência e dispersão do vírus no ambiente, por isso é essencial manter a vacinação anual (V8 ou V10) em dia.

Gatos

Rinotraqueíte e Calicivirose felina: fazem parte do chamado Complexo Respiratório Felino e apresentam maior incidência em locais com alta densidade de animais ou nas estações mais frias, pelo contato muito próximo e facilidade de disseminação. Os sintomas observados são: secreção nasal e ocular, febre, espirros, apatia, ceratoconjuntivite (rinotraqueíte), úlceras na mucosa oral (calicivirose). A maneira mais eficaz de proteção se dá vacinação específica para gatos, conhecida como tríplice (V3), quádrupla (V4) ou quíntupla (V5), que além desses agentes englobam outros de importância para a espécie.

Outras doenças como a asma e a pneumonia, de ocorrência tanto em animais quanto em humanos, podem aparecer com maior frequência ou ter seu quadro clínico agravado durante o inverno, pela queda brusca da temperatura. “Os quadros de asma são geralmente desencadeados por alérgenos ou fatores irritantes no ambiente como fumaça de cigarro e carro, poeira, pólen, aerossóis de vários tipos (sprays domésticos, perfumes), sendo os gatos ainda mais susceptíveis que os cães. Para os casos de pneumonia, podemos citar as infecções bacterianas, virais, fúngicas, por protozoários ou mesmo decorrentes de outras doenças que levam a queda de imunidade do animal”, completa a Dra. Carla.

Fonte: médica veterinária Carla Janeiro Coiro

 

Agenda de eventos e feiras de adoção

Adoção responsável: Xande tem cerca de sete anos, porte médio e está castrado e vacinado. Educado, carinhoso e companheiro ele busca um novo lar. Para adotá-lo fale com a Kadije Akl (41) 99860-5363. Foto: Divulgação.
Adoção responsável: Xande tem cerca de sete anos, porte médio e está castrado e vacinado. Educado, carinhoso e companheiro ele busca um novo lar. Para adotá-lo fale com a Kadije Akl (41) 99860-5363. Foto: Divulgação.

Sábado 22

Arraiá da Bicharada – Campanha de adoção de cães da ONG Probem Curitiba, no Wallmart, Avenida Comendador Franco, 3449 – Guabirotuba, das 11h às 16h.

Campanha de adoção de cães e gatos do Animalia Curitiba, no Espaço Pet, Rua Nilo Peçanha, 760 – Bom Retiro, das 10h às 17h.

Campanha de adoção de cães e gatos do grupo Adote com Consciência Curitiba, na Pett Farma, na Rua Coronel Luiz José dos Santos, 891 – Boqueirão, das 10h às 15h.

Evento de adoção da ONG Salva Bicho e da Associação Ajude Focinhos, em parceria com a Rede de Proteção Animal de Curitiba. Na Praça Santa Filomena, na Rua Augusto Stresser, Hugo Lange, das 10h30 às 16h.

Evento de Adoção de Cães e Gatos, em parceria com as ONGs Amigos Animal e Beco da Esperança. No HiperZoo, Rua Desembargador Westphalen, 3448 Parolin, das 10h às 17h.

Evento de adoção no Fofuras Petshop, Rua Marechal Hermes, 678 – Centro Cívico.  Sábado, das 13h às 18h. Aos domingos, das 14h às 18h.

Feira de adoção de cães da Casa do Produtor, Rua Engenheiros Rebouças, 1814 – Rebouças, sábados e domingos, das 10h às 16h.

Feira de adoção responsável de filhotes da EsalPet Petshop, Rua Professor Sebastião Paraná, 125 – Vila Izabel, aos sábado, das 10h às 16h.

Insta Encontro HiperZoo e Jingles Pet, no HiperZoo, Rua Desembargador Westphalen, 3448 Parolin, das 11h às 17h.

Domingo 23

Bingo beneficente, em prol de mais de mil cães resgatados pela ONG Amigo Animal. No Clube Círculo Militar do Paraná, Rua Conselheiro Araújo, 45 – Centro. A partir das 15h.

Campanha de adoção de cães e gatos do Grupo Adote com Consciência Curitiba, no TuttoPet Pet Market, Av. Brasília, 4660 Novo Mundo, das 10h às 16h. 

Palestra sobre Adestramento com Rafael Wisneski, no HiperZoo, Rua Desembargador Westphalen, 3448 Parolin, às 15h30.

3º Encontro Nacional de Pit Bull no HiperZoo, Rua Desembargador Westphalen, 3448 Parolin, das 14h às 18h.

Segunda 24

Congresso Medvep de Especialidades Veterinárias 2017 e Pet Fair MedVep 2017- De 24 a 27 de julho, no Expotrade – Rodovia Deputado Leopoldo Jacomel, 10454 Pinhais. Realização: MedVep. Patrocínio: Virbac e Vetnil. Apoio: Royal Canin www.congressomedvep2017.com.br

Permanente

Campanha de adoção da Rede de Proteção Animal de Curitiba. No Centro de Referência para Animais em Situação de Risco, Rua Lodovico Kaminski, 1381 CIC. Informações e fotos dos cães no Facebook da prefeitura: www.facebook.com/pg/PrefsCuritiba

Quer contar uma história com seu pet, sugerir um tema ou publicar a foto de um animal disponível para adoção? Escreva para gente: animal@tribunadoparana.com.br