Segundo pesquisa do PayPal antes da pandemia 35% dos entrevistados usavam o e-commerce com muita frequência; já em novembro deste ano, o índice beira 60%

A quase 2 anos atrás um vírus mudou a forma com que vemos o mundo e como consumimos produtos e serviços e essa mudança não é apenas temporária, ela veio para ficar e as empresas precisarão se adaptar a este novo mundo.

Segunda uma pesquisa recente do PayPal (empresa de pagamentos online). De 1 a cada 4 entrevistados (23,5%) vai continuar comprando online diariamente, e outros 32% têm certeza que continuarão com um ritmo semanal de compras; e 22% só uma vez por mês. (Fonte: Infomoney)

“Os hábitos que podem ter sido adquiridos pela pandemia ou acelerados por ela diante da necessidade devem se manter. Cada vez mais teremos uma sociedade híbrida, que não vai deixar de visitar pontos físicos para algumas compras, mas que vai escolher produtos e serviços para consumir regularmente em casa, como delivery de comida, supermercado e farmácia”, diz Felipe Facchini, head geral de negócios do PayPal Brasil.

Um dos índices citados na pesquisa é que o consumidor busca uma experiência de compra diferenciada, segura e rápida. Não à toa o Pix cresceu absurdamente em seu primeiro ano de operação.

E a sua empresa está preparada para essa mudança?

Tenho abordado este tema algumas vezes aqui na coluna e recebido várias mensagens de empresas que ainda não sabem o que fazer para aproveitar esta mudança de forma positiva. Essa transformação digital não é uma tendência, é uma realidade e se você ainda não está inserido de forma adequada está atrasado pelo menos 1 década.

O primeiro passo é ouvir bons profissionais de mercado e saber que será necessário realizar investimento financeiro de acordo com o tamanho do seu negócio. Nenhuma empresa pode pensar em se aventurar no mercado digital sem entender que sim terá que desembolsar de acordo com o tamanho e os objetivos que sua empresa busca neste canal de vendas.

>>> Escrevi no artigo “Como possuir um e-commerce de sucesso e vender muito na internet.” os passos importantes para se alcançar o sucesso no e-commerce e gostaria de complementar algo que vai além de aspectos técnicos que tem relação com a mentalidade e com a cultura da empresa.

De nada adianta investir em plataforma de e-commerce, WhatsApp, contratar agências, fornecedores além de bons profissionais se você gestor, CEO, dono não está pronto para este novo mundo onde a velocidade e novos padrões de atendimento são exigidos pelos clientes, em resumo a transformação tem que vir de cima da gestão máxima da empresa.

Em resumo não adianta contratar parceiros, profissionais se você não está aberto para estas mudanças.

Outro ponto importante é não copiar, crie e desenvolva uma característica que o diferencie da concorrência e torne sua empresa ÚNICA.

Gosto sempre de lembrar que o mundo digital não é ambiente para amadores, você pode construir um grande negócio na internet ou pode destruiu uma marca.


Eu sou o Gabriel Pianaro de Souza, mentor e consultor de Marketing.