O segundo round da luta livre feminino já começou! Na última sexta-feira (29), a Netflix estreou a segunda temporada de “GLOW”. Pra quem ainda não viu a primeira e nem sabe do que estou falando, então senta que lá vem história.

LEIA TAMBÉM: Crítica de Sicario: Dia do Soldado

GLOW” é uma série de comédia que conta a história de mulheres que possuem o sonho de serem atrizes, mas viram a única oportunidade de ser famosas participando de um programa de luta livre feminino exibido em um canal regional de Los Angeles. A divertida trama se passa nos anos 80, veja o trailer:

Na segunda temporada, as mulheres ganharam mais voz, ainda numa época onde que não tinha discussão de direitos iguais entre gêneros, o assédio sexual não era denunciado e a mulher era vista como objeto, a trama é conduzida de forma crítica, onde as personagens femininas são as mentes para o sucesso do programa, mas que infelizmente quem leva o crédito ainda eram os homens.

Rhonda. Foto: Divulgação
Rhonda Richardson/Brittanica (Kate Nash). Foto: Divulgação

O destaque vai para Ruth Wilder/Zoya The Destroya (Alison Brie) e Debbie Eagan/Liberty Belle (Betty Gilpin), usada como base a famosa briga entre EUA e URSS em uma época que existia a Guerra Fria, “GLOW” também conseguiu, mesmo assim, criticar o mundo atual. O problema de imigração é vista na personagem Rhonda Richardson/Brittanica (Kate Nash), uma inglesa que vive ilegal nos EUA, mostra que nem mesmo um país de primeiro mundo escapa da grande potencia americana.

LEIA TAMBÉM: Netflix divulga trailer e imagem da série cômica Brasileira “Samantha!”

E claro que não para por aí, o fato das atrizes assinarem um contrato sem saber do que se trata realmente, a fim de serem famosas, acabam denunciando o sistema das produções norte-americana da época. Onde mulheres ganhavam (e ainda ganham) menos que os homens.

E a série vai além, não só a denúncia da precarização do trabalho e imigração, “GLOW” ainda critica o assédio sexual e como até mulheres da época reagiram sobre o fato.

Com apenas 10 episódios de menos de 30 minutos, “GLOW” é uma divertida e crítica comédia pra você assistir em um final de semana. Que tal começar hoje?

Avaliação:  ⭐⭐⭐⭐
Pra quem gosta: comédia.
Pra assistir: amigos ou sozinho.
Filmes/Séries semelhantes: Missão Madrinha de Casamento, Orange is the New Black e Unbreakable Kimmy Schmidt.

Netflix anuncia as estreias de Julho