Uma coisa é certa, grande parte do público mundial dá atenção para o cinema americano. Se uma obra é boa ou não com referências nas produções da terra do Tio Sam. Claro que há muitos filmes ótimos de outros países. E os Estados Unidos sabem disso.

LEIA MAIS: “A Esposa” reflete sobre o papel da mulher no casamento

Não é a toa que há várias adaptações na língua inglesa, como é o caso de “Os Homens que não Amavam as Mulheres”; “Deixa Ela Entrar” e, até o sucesso de Jorge Amado, “Dona Flor e seus dois Maridos” ganhou uma versão norte-americana, “Meu Adorável Fantasmas” (Kiss me Goodbye, 1982).

A obra que entrou na onda é a comédia dramática francesa “Intocáveis”, que estreou no Brasil em agosto de 2011. Na versão americana, a história baseado em fatos reais sobre a amizade de um bilionário tetraplégico e um ex-presidiário, ganhou o nome de “Amigos para Sempre”. Veja o trailer:

A produção que estreia nesta quinta-feira, 17, segue a risca a versão europeia. As piadas, conflitos e a narrativa em geral são praticamente iguais. A única diferença parece ser o idioma. O diretor Neil Burger (Divergente) fez o famoso dever de casa e não traz nada novo. As atuações de Bryan Craston (Breaking Bad), Kevin Hart (Um Espião e Meio) e de Nicole Kidman (Aquaman) também não impressionam.

Mesmo assim, o longa americano emociona, cativa e traz reflexão sobre o significado verdadeiro de amizade.

Avaliação: ⭐⭐⭐
Pra quem gosta: drama, superação
Pra assistir: família, amigos e sozinho
Filmes/Séries semelhantes:  Invencível, O Discurso do Rei e A Teoria de Tudo.