Lembra do filme “Espíritos: A Morte Está ao Seu Lado” (2005), onde a pessoa descobre que vive com uma entidade em seu ombro? Pois então, se você curtiu, saiba que o diretor desse filme, Banjong Pisanthanakun, está lançando seu mais novo longa-metragem, “A Médium”, que chega nesta quinta-feira (19) nos cinemas de Curitiba e já está gerando vários burburinhos.

VEJA TAMBÉM: Do terror ao Sci-Fi, filme paranaenses vão dominar os cinemas de Curitiba em junho

A grande polêmica neste filme é o fato de ser apresentado como um documentário com cenas de um ritual de exorcismo. Já deu aquele medinho, né?

Mas afinal, qual é a história do filme? Uma equipe de documentário segue Mink, uma respeitada líder do local, e vão ao encontro de sua sobrinha. A jovem moça começa apresentar sintomas estranhos que parecem ser de herança xamanismo. O grupo de filmagens decide acompanhar a rotina da garota para capturar a linhagem xamã passando por ela, mas seu comportamento bizarro se torna mais extremo. O que poderia estar possuindo a jovem, pode não ser a Deusa que eles acreditam que seria.

critica de a medium
Cena do filme “A Médium”. Foto: Divulgação

Assustador, macabro e bizarro. O cineasta tailandês sabe entreter e fisgar o público com suas histórias mirabolantes em uma direção cheio de reviravoltas e cenas que desafiam a coragem do espectador em assisti-las. Em mais de duas horas de filme, “A Médium” consegue trazer toda tensão prendendo a atenção do público na primeira parte do longa, tem um bom clímax, no entanto, se perde no final.

Para este filme, Banjong tenta unir dois grandes sucessos do cinema norte-americano: o estilo de “A Bruxa de Blair” (podemos também incluir a franquia “Atividade Paranormal”) e a trama de “O Exorcista”. Dizer que “A Médium” é um documentário foi só uma boa jogada de marketing, pois, infelizmente, o cineasta não soube aproveitar bem o subgênero chamado de mockumentary. Mas nem tudo está perdido, aliás, o gênero cinematográfico será o de menos para o público, já que a história em si e as cenas assustadoras varrem para debaixo do tapete o estilo de filmagem que não deu certo.

CONFIRA TAMBÉM: Abracadabra 2 estreia em setembro

“A Médium” é realmente bizarro, em todo o sentido da palavra, e vai dividir opiniões da galera que tiver coragem em vê-lo no cinema neste fim de semana.

Avaliação: ⭐⭐1/2
Pra quem curte: Filme de terror
Pra assistir com: Amigos, crush ou sozinho
Filmes e séries semelhantes: [REC], Coverfield: Monstro e Creep.