Com o retorno da bandeira amarela em Curitiba na última quinta-feira (08), os cinemas reabriram na capital. Ainda de forma tímida, as principais salas de cinema começam a exibir alguns dos filmes mais esperados para este ano. Entre eles, “Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio”. Além das telonas, a sequência também chega nesta sexta-feira (09) à plataforma de streaming HBO Max.

O novo longa é baseado em uma história real, na qual o casal Ed e Lorraine Warren investigam o caso de um homem julgado por assassinato, que afirma ter sido possuído por um demônio.

LEIA TAMBÉM: Crítica de Rua do Medo 1994

O terceiro filme da franquia tem direção de Michael Chaves, mesmo diretor de “A Maldição da Chorona”; o mesmo roteirista de “A Órfã” e “Invocação do Mal 2”, David Leslie Johnson McGoldrick; e produção de James Wan. Patrick Wilson e Vera Formiga voltam a interpretar o casal Warren.

De tirar o sono

Assustador e de deixar qualquer um sem dormir à noite, “Invocação do Mal 3” volta mostrando o que sabe fazer de melhor, isso tudo, resumido em apenas uma frase: “história baseada em fatos reais”. Pois é, só o fato de saber que a trama tem inspiração em um evento real já causa calafrio no espectador. Cenas de possessão, ritual satânico e personagens misteriosos incrementam ainda mais o longa, que é capaz de provocar alguns pulos e sustos em quem assiste.

O diretor Michael Chaves consegue fazer a história funcionar muito bem. Em quase duas horas de duração, o cineasta utiliza a fórmula de sucesso dos seus filmes anteriores e ainda homenageia outros clássicos, como o famoso “O Exorcista” (1973). Contudo, sem grande inovação.

critica de invocação do mal 3
Cena do filme “Invocação do Mal 3: A Ordem do Demônio”. Foto: Divulgação/Warner Bros.

O roteiro de McGoldrick é instigante no início. Os personagens são bem construídos e cada um tem presença marcante na história. No entanto, seu desfecho principal é perceptível antes mesmo dos cinquenta minutos de filme. Com um pouco de atenção é fácil de descobrir quem está por trás de todo mistério. Mas vale a pena esperar pelos minutos finais com a entrada dos créditos. É o momento mais assustador da história (e isso não é um spoiler).

VEJA MAIS: Filme de terror sobre videochamada chega na Netflix

Mesmo sem inovação, o terceiro filme da franquia do casal Warren é uma das boas obras de terror deste ano e faz jus à franquia do universo “Inovação do Mal”. Lembrando que o filme estreou nesta sexta-feira (09) no HBO Max e se encontra disponível em alguns cinemas de Curitiba e região metropolitana.

Avaliação: ⭐⭐⭐
Pra quem curte: Terror
Pra assistir com: Amigos e crush
Filmes e séries semelhantes: American Horror Story, O Exorcismo de Emily Rose e A Profecia.