A busca da humanidade para entender o sentido da vida e descobrir se infelizmente estamos sozinhos nesse imenso universo vem de muito tempo. O povo sumério, os egípcios, os filósofos gregos e os cientistas da Idade Média contribuíram muito para responder a essa pergunta e também sobre se a Terra é plana, se o espaço é finito e se há monstro lá fora.

Ok, pelo menos estão comprovados que a Terra é redonda, que o Sol é o centro do universo e que não há nenhum monstro segurando o nosso planeta.

VEJA TAMBÉM: A Casa do Medo – Incidente em Ghostland é pra quem tem estômago

O ser humano é ambicioso. No período da Guerra Fria, o mundo estava divido em dois blocos, o capitalismo através dos EUA e o socialismo pelo URSS. Nesta época, houve, de fato, um grande avanço tecnológico. Uma das inovações veio dos camaradas, quando conseguiram mandar o primeiro ser vivo ao espaço, a cadela russa Laika. Claro que o povo do “Tio Sam” não engoliu bem e, depois de quase 20 anos, conseguiram em 1969, mandar o primeiro homem à Lua.

Viagem à Lua (1906). Foto: Reprodução
Viagem à Lua (1906). Foto: Reprodução

E essa ambição de explorar o universo não vem só dos cientistas, o cinema também ama essa temática. Georges Méliès é um dos precursores e prestigiou a humanidade com o incrível curta-metragem “Viagem à Lua” (1902), servindo de inspiração desde os blockbusters, como “Appolo 13 – Do Desastre ao Triunfo” (1995), ao cult, “Solaris” (1972).

LEIA MAIS: Venom vai impressionar o público

E nesta quinta-feira (18) chega aos cinemas mais um filme sobre essa polêmica viagem. “O Primeiro Homem” conta a história de Neil Armstrong, o astronauta que ficou conhecido por pisar na lua e pela famosa frase “um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade”. O longa de Damien Chazelle (La La Land) irá revelar desde a contratação de Armstrong na NASA, a participação dele nos projetos Gemini até sua viagem pelo projeto Apollo. Veja o trailer:

Escrito por Nicole Perlman (Guardiões da Galáxia) e Josh Singer (The Post: A Guerra Secreta), “O Primeiro Homem” mistura os fatos históricos com um roteiro ágil dos filmes de heróis. A produção leve e romantizada com os ótimos efeitos especiais mostra o belo trabalho da dupla de produtores Martyn Bowen e Wyck Godfrey (Power Rangers e Cidades de Papel).

CONFIRA TAMBÉM: Nasce uma Estrela é um emocionante musical que cai em clichê

Interestelar. Foto: Divulgação
Interestelar. Foto: Divulgação

Ryan Gosling (Blade Runner 2049) encarna um Neil Armstrong dramático com sentimentos reprimidos. A brilhante Claire Foy (The Crown) é Janet Armstrong, esposa do astronauta. Sua atuação é leve ao mesmo tempo forte, mostrando uma mulher empoderada.

O Primeiro Homem” é brilhante e lindo esteticamente. O longa de Damien Chazelle é a união da direção de Terrence Maick, “A Árvore da Vida” (2011) em um roteiro de Christopher Nolan no filme “Interestelar” (2016).

Uma verdadeira viagem, “O Primeiro Homem” é pra quem sonhou um dia em ser astronauta.

Avaliação: ⭐⭐⭐⭐
Pra quem gosta: drama
Pra assistir: com amigos ou sozinho ou com crush
Filmes/Séries semelhantes:  Gravidade, Lunar e Perdido em Marte.

https://tribunapr.uol.com.br/mais-pop/filme-que-conta-historia-da-banda-planet-hemp-legalize-ja-estreia-neste-final-de-semana/