Os cinemas da capital paranaense estreiam nesta quinta-feira (19) “Quatro Amigas Numa Fria”, comédia brasileira estrelada por Maria Flor (A Lei do Amor), Fernanda Paes Leme (Salve Jorge), Priscila Assum (O Outro Lado do Paraíso), Micheli Machado (Salve-Se quem Puder) e Marcos Veras (Além da Ilusão).

Do mesmo diretor de “Tudo Bem no Natal que Vem”e “No Gogó do Paulinho”, Roberto Santucci, o novo longa, como o próprio nome diz, mostra a viagem de quatro amigas em Bariloche, Argentina, para uma despedida de solteira. O que era pra ser um momento de pura diversão acaba dando tudo errado quando uma delas esquece de fazer a reserva no hotel.

Diversão cheias de clichê, “Quatro Amigas Numa Fria” parte para uma comédia hollywoodiana de fim de noite, mas empaca com roteiro simplório cheio de furos, piadas fracas e atuações mesquinhas.

A trama fraca escrita por Paulo Cursino e Taisa Lima não prende a atenção do público. É amador. E olha que Paulo Cursinho é roteirista de diversas comédias de sucesso do cinema brasileiro, como a trilogia “Até que a Sorte nos Separe”, “O Candidato Honesto 1 e 2” e alguns episódios da série “A Grande Família”.

A direção também deixa a desejar, Santucci utiliza o formato de telefilme para um longa feito para o cinema. Não aproveita as cenas, os cenários lindos de Bariloche e as tramas paralelas. Mesmo com um pouco mais de 100 minutos de duração, “Quatro Amigas Numa Fria” é maçante.

O elenco de peso ainda deixa a desejar. A sensação que se tem é de que todos trabalharam por cumprir contato. Não há destaque, carisma e muito menos aquele personagem que simpatiza com o público.

Enfim, “Quatro Amigas Numa Fria” é aquele filme que contou com grande investimento, mas que ninguém soube aproveitar a produção.

Avaliação: ⭐⭐
Pra quem curte: Comédia
Pra assistir com: Amigos
Filmes e séries semelhantes: A Noite é Delas, S.O.S – Mulheres ao Mar e Tudo para Ficar com Ele