Previsto para ser lançado em março do ano passado, “Um Lugar Silencioso – Parte II” foi adiado logo na primeira semana do isolamento social para conter o avanço da pandemia da covid-19. Depois de ser reagendado diversas vezes, finalmente a sequência chegou aos cinemas de Curitiba na última quinta-feira (22).

Pra quem ainda não sabe (ou não se lembra), “Um Lugar Silencioso” é um filme de terror dirigido por John Krasinski, o Jim da série “The Office”, estrelado por Emily Blunt (A Garota no Trem), que foi lançado em 2018 e conquistou boa repercussão tanto do público, como da crítica especializada. A trama é sobre uma família que vive em uma casa de campo e precisa viver absolutamente em silêncio para sobreviver de uma ameaça desconhecida.

Já na parte II, a família ainda continua a lutar em silêncio para sobreviver. Eles se veem obrigados a se aventurar em outro local e descobrem que as criaturas movidas pelo som não são as suas únicas ameaças.

CONFIRA TAMBÉM: Crítica de Invocação do Mal 3

Suspense de roer as unhas, “Um Lugar Silencioso – Parte II” estreia com um único objetivo: mostrar que a trama pode ser uma franquia de sucesso. O cineasta John Krasinski demonstra que sim.

Ao contrário do primeiro longa, Krasinski traz mudança em sua direção deixando o silêncio em coadjuvante e apresenta o segundo filme com boas sequências de sustos, cenas explosivas que são capazes de fazer o espectador pular da poltrona logo nos primeiros minutos da trama. Bem diferente do anterior que foi mais de 50 minutos de puro silêncio.

critica de um lugar silencioso parte II
Cena do filme “Um Lugar Silencioso – Parte II” Foto: Divulgação/Paramount Pictures

Além da direção, John também assina mais uma vez o roteiro. No primeiro filme, a história denunciava à censura, a opressão, a adaptação da sociedade em uma nova era e as diversas formas de comunicação. Já para o segundo filme, o cineasta preza pela proteção familiar, a resiliência, empatia e solidariedade entre os indivíduos. E vai além, impressionando sua capacidade de criar suspense revelando algumas partes sobre o início do mistério e ainda deixando implícita uma terceira parte para a
franquia.

Porém se estabiliza. Em comparação com a primeira parte, o segundo filme tem cenas ágeis, boas reviravoltas e desfecho excelente. Para quem criou expectativa para ver a continuação, achar que o novo longa é mais do mesmo chega a ser elogio.

VEJA TAMBÉM: Globoplay estreia série gravada no Paraná

Um Lugar Silencioso dá a sensação de que a franquia foi premedita para o momento atual que vivemos com a pandemia da covid-19. Novas formas de se viver em sociedade, mudança de rotina, a reciprocidade e a esperança de acreditar que tudo vai passar.

Lembrando que, com a bandeira amarela decretada em Curitiba, os cinemas voltaram a funcionar na capital paranaense seguindo medidas contra a covid-19.

Avaliação: ⭐⭐⭐1/2
Pra quem curte: Terror
Pra assistir com: Amigos ou crush
Filmes e séries semelhantes: Guerra Mundial, O Nevoeiro e Uma Noite de Crime