Pra fechar com chave de ouro o mês de maio, a Netflix presenteou os fãs de “Unbreakable Kimmy Schmidt” com uma nova temporada de seis episódios na última quarta (30). A direção fica por conta do veterano Tristram Shapeero, que colaborou tanto para as antigas temporadas de “Unbreakable...”, como também para as elogiadas “GLOW”, “Broolyn Nine-Nine” e “Grace & Frankie”. Tina Fey (Saturday Night Live), além de criadora, segue no roteiro junto com Robert Carlock.

LEIA TAMBÉM: Netflix confirma a segunda temporada de O Mecanismo

Nesta nova temporada, a série mostra a vida de Kimmy pós-faculdade, trabalhando e seguindo realmente a vida adulta. Ainda podemos ver Jacqueline fazendo de tudo para voltar à high-society e Titus batalhando para seus minutos de fama, além de reconquistar o amor de Mikey.

A atual temporada segue colocando o dedo na ferida e mostra temas polêmicos como o abuso sexual no mundo do cinema, trabalho escravo e ainda o importante papel da mulher na luta por direitos iguais. A série segue com piadas rasas, às vezes sem graça – fiquei surpreso, pois Tina é uma excelente comediante. Creio que a dupla Fay e Carlock preferiram mais criticar os problemas atuais da sociedade e deixar a comedia em segundo plano.

VEJA TAMBÉM: Cargo é um filme sobre zumbi que não assusta, mas emociona

O terceiro episódio da nova temporada merece uma atenção exclusiva. Com aspecto documental, este capítulo no qual retrata o reverendo que raptou Kimmy é excelente. Um verdadeiro shade às produções que contam histórias de criminosos que, dependendo da versão de quem conta, dá a entender que os suspeitos foram presos injustamente.

Então se você está esperando pra rolar de rir das ironias, infelizmente não vai encontrar nesta primeira parte. Sim! A série ainda tem continuação. A segunda parte só será lançada em janeiro do ano que vem.

Avaliação: ⭐⭐⭐1/3
Pra quem gosta: Comédia.
Pra assistir: amigos ou sozinho.
Filmes/Séries semelhantes: GLOW, Friends e Meninas Malvadas.

Netflix lança mais de 90 títulos entre séries e filmes em Junho