Estreia hoje nos cinemas Vou Nadar Até Você, filme brasileiro estrelado por Bruna Marquezine, que marca o início da carreira da atriz como protagonista no cinema. Com cenas exuberantes do litoral paulista, o drama dirigido pelo fotógrafo Klaus Mitteldorf mostra a história de Ophelia, uma fotógrafa de Santos (SP), que descobre onde seu pai biológico mora.

Ao tentar sem sucesso, o contato com o patriarca por meio de carta, a garota decide ir até a cidade dele, Ubatuba (SP) a nado. O problema vem ao longo da viagem, por ela acabar encontrando pessoas que fizeram parte da vida de seu pai.

Inspirado na obra Hamlet de William Shakespare, o longa apresenta cenas maravilhosas das paisagens litorâneas brasileiras. A trilha sonora também ganha protagonismo em vários momentos da trama, tornando o filme uma verdadeira obra lírica, de estética cheia de metalinguagens.

Porém, a roteirista Nina Crintzs peca na construção de enredo, com inclusão de alguns personagens desconexos e desnecessários no desenvolvimento da história. Klaus também erra no destaque de alguns fatos, dando relevância a acontecimentos sem importância para o filme.

Bruna Marquezine infelizmente também não se destaca no filme. A atriz apresenta uma protagonista sem profundidade, sem grandes interpretações e sem conexão com os outros atores. Sua presença no filme causa até um certo desconforto, criando uma barreira entre os outros atores, que não torna as cenas naturalmente prazerosas de serem vistas.

E por fim, voltando ao roteiro, há furos que intrigam o público. Podem até justificar que se trata de uma obra poética, mas mesmo assim não convence. De poético, só o nome do filme mesmo.

Avaliação: ⭐⭐
Pra quem gosta: drama
Pra assistir com: amigos e crush
Filmes/Séries semelhantes: Era uma Vez Eu, Verônica; Mãe Só há Uma; Temporada.